Exposição

Exposição Retratos da Cidadania chega a Santos

Retratos da Cidadania, que aborda, por meio de diferentes formas de expressão artística, a atuação do MP paulista, estará a partir do dia 7 de novembro em Santos

06 de novembro de 2018 - 17:18

Da Redação

Compartilhe

A exposição Retratos da Cidadania: arte e obras do Ministério Público está em Santos, no litoral paulista.

O retorno para os cofres públicos do dinheiro desviado pelo ex-prefeito Paulo Maluf; o impulso à criação de mais de 85 mil vagas em creches.

A operação que gerou a prisão da ex-prefeita de Ribeirão Preto Dárcy Vera.

O fim de um programa ilegal de retirada de rins de cadáveres; a repatriação de mais de US$ 4 milhões em obras de arte adquiridas e desviadas ilegalmente pelo banqueiro Edemar Cid Ferreira.

A cassação de políticos eleitos após o uso de candidaturas fantasmas de mulheres.

Essas são algumas das histórias que estão na exposição que já passou pela Estação Cultura.

Além do caso Maluf, da Operação Sevandija; do caso Banco Santos; da luta pela ampliação das vagas de mais e melhores creches na cidade de São Paulo; do combate à candidatura fantasma de mulheres apenas com o intuito de cumprir a cota de gênero; do histórico caso Kalume, que revelou um dos maiores esquemas de tráfico de órgãos do país e inspirou a lei brasileira de transplantes.

Exposição

Retratos da Cidadania apresenta diferentes experiências que demonstram que a parceria entre o Ministério Público e o cidadão resulta em um aprimoramento da sociedade.

“Essa exposição é uma verdadeira prestação de contas. A partir da sensibilidade desses grandes artistas, do trabalho do Ministério Público em favor da sociedade”, diz o procurador-geral de Justiça de SP, Gianpaolo Smanio.

O Ministério Público do Estado de São Paulo, em conjunto com a agência VML (parceira pro bono do MPSP desde 2013), entrevistou promotores de Justiça de diversas áreas de todo o Estado; cidadãos diretamente beneficiados pelo trabalho do MPSP; especialistas da sociedade civil, e levou esses relatos como inspiração a diversos artistas paulistas.

Esses que agora apresentam a sua versão do trabalho do MP em tinta, em tela, em escultura, em obra de arte.

“Com o propósito de aproximar o MPSP ainda mais da população, a mostra destaca a diversidade e a amplitude do trabalho da instituição. Através da interação dos artistas com as causas defendidas. Isso, em diferentes áreas de interesse coletivo e regiões do Estado”, acrescenta Fernando Taralli, presidente da VML.

Histórias

Até o dia 14 de dezembro, os visitantes de Santos e região também poderão conferir todas as entrevistas, em vídeo; que foram entregues aos artistas e serviram de influência para suas produções.

Histórias de mulheres atendidas pelo projeto Guardiã Maria da Penha, programa de proteção de mulheres vítimas de violência doméstica; o trabalho de combate à crise hídrica no estado de São Paulo.

Os relatos de catadores de material reciclável que deixaram a invisibilidade após a extinção do lixão de Presidente Prudente e a consequente abertura de um aterro controlado.

A história de crianças, jovens e adultos que conquistaram o nome de seus pais por meio do projeto Encontre Seu Pai Aqui.

A família que conquistou um CEP com a urbanização de uma favela em Itaquaquecetuba, e muitas outras.

Foto: Divulgação

 

Serviço: Retratos da Cidadania

Data: de 7 de novembro a 14 de dezembro de 2018

Horário: Dias: de segunda a sexta

Faixa etária: livre

Ingresso: grátis

Local: Av. Bartolomeu de Gusmão, 15 – Boqueirão