Carnabanda

Demora na decisão

04 de fevereiro de 2019 - 17:49

Da Redação

Compartilhe

Sem avisar com antecedência, seis bandas foram vetadas para desfilar este ano pelas ruas de Santos.

 

A decisão por parte da Prefeitura, a pedido da Polícia Militar, em suspender seis bandas do Carnabanda 2019 é, no mínimo, risível.

Afinal, a alegação da suspensão é que a PM teve problemas de segurança com as mesmas no ano passado.

Ora, se isso ocorreu há um ano, por qual razão a Secretaria de Cultura aceitou as inscrições das mesmas no início deste mês?

Por que as providências já não foram tomadas com antecedência – já naquela ocasião?

Afinal, várias delas já tinham captado recursos para confecção de camisetas e outros adereços para o Carnaval para sair pelas ruas.

E agora, ficaram impedidas de animar os verdadeiros foliões (e não os vândalos de praxe).

O que não pode é mudar a regra do jogo quando a bola já está rolando.

Ou seja, esta iniciativa deveria ter sido tomada bem antes.

Assim, soa como brincadeira de mau gosto, para não dizer outra coisa.

As bandas proibidas de sair neste Carnaval são as da Vila Sapo, Banda da Direito.

E ainda: Jabaquara, Carnacachaça, Unidos da Capela e Vila Belmiro.

Presidente da Comissão sobre Bandas na Câmara, Zequinha Teixeira, promete chiar…

 

LEIA TAMBÉM: