Santos

Com e sem piscina

31 de janeiro de 2019 - 12:54

Da Redação

Compartilhe

Piscina da UME Lobo Viana, no Marapé, foi eliminada de vez. Segundo Seduc, local estava inativo há anos. Foto: Nando Santos

 

Enquanto a Cidade entrega uma piscina olímpica no Complexo Rebouças, na Ponta da Praia, após quase quatro de espera, a Unidade Municipal de Educação Infantil Alcides Lobo Viana, no Marapé, acabou com sua.

O espaço estaria desativado há anos, mas, ao invés de ser reformado e recuperado para as crianças brincarem nos dias quentes de verão, optou-se por sua extinção.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação de Santos a decisão de realizar a intervenção  foi tomada após reunião feita no ano passado.

Estavam presentes o Conselho de Escola da unidade, direção, representantes da secretaria de educação e da Câmara Municipal.

Conforme o órgão,  o espaço já estava desativado há cerca de 10 anos.

Assim, de maneira coletiva, ficou estabelecido que será aterrado para a realização de atividades com os alunos.

A Seduc afirma que, caso seja solicitada a intervenção em outras escolas com piscinas, será realizado estudo para a realização dos serviços.

Isso mediante também a aprovação do Conselho de Escola e representantes das unidades.

“Desta forma, reforça-se o conceito de gestão democrática, valorizada pela secretaria”, informa.

LEIA TAMBÉM: