Pesquisa Eleitoral Boqnews/Enfoque

Alckmin ratifica liderança regional

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) mantém a preferência do eleitorado regional,

05 de setembro de 2014 - 22:13

Fernando De Maria

Compartilhe

quadro1O governador Geraldo Alckmin (PSDB) mantém a preferência do eleitorado regional, dobrando o volume de intenção de votos, entre as pesquisas espontânea e estimulada, passando de 15,2% para 33%, respectivamente.

Ao excluir os sufrágios brancos e nulos, Alckmin chega a 52% na atualidade, índice bem próximo do obtido na eleição passada na região, quando obteve 49% dos votos válidos na Baixada Santista (no Estado, foram 50,63%).

Candidato ao governo paulista em 2010, Paulo Skaf (PMDB) surge agora como o principal oponente a Alckmin, tanto em âmbito estadual como regional. Ele tem 8,1% das intenções de votos e cresce para 20,8% na estimulada. Em votos válidos, Skaf teria hoje 33% entre as intenções de votos de eleitores da região.

Alexandre Padilha (PT) cresce de 3,3% para 6,5% entre as duas formas de pesquisa. Deve-se destacar ainda o elevado volume de eleitores indecisos, que chegam a 27,2%, abrindo espaço para alterações até a eleição.

Perfis
No tocante ao sexo do eleitorado, Alckmin mantém equilíbrio percentual. Já Skaf tem maior lembrança entre os homens (58% contra 42%), enquanto Padilha tem a preferência entre as mulheres (56,6% contra 43,4%).

Por faixa etária, Alckmin obtém votos em todos os grupos, variando entre 32,8% (16 a 20 anos) a 39,8% (acima de 69); já Skaf obtém intenção de votos maior entre os jovens (23,2%) em relação aos idosos (9,6%), acima dos 69 anos. A melhor faixa etária de Padilha está entre os eleitores de 45 a 59 anos, com 8,3%.

Por cidades, Alckmin lidera em todas. Por ironia, nas administradas pelo PSDB, seu partido, ele tem índices abaixos da média: Santos (27,4%) e Praia Grande (32,7%). Skaf, por sua vez, aparece com 24,5% e 25,7%, respectivamente. Padilha obtém sua melhor performance em Cubatão, com 10,1% das intenções de votos.

Os indecisos variam de 14,6% em Bertioga a 25.7% em Praia Grande. Em Santos, chegam a 24,5%. Por escolaridade, Alckmin pontua em todos os níveis, variando de 31,2% entre eleitores com 3º Grau a 34,3% (Ensino Fundamental). Já Skaf tem maior receptividade junto ao eleitorado com nível superior, onde atinge 25,1% contra 15,7% entre eleitores com o Ensino Fundamental. No tocante à renda, o perfil do eleitorado de Alckmin é praticamente o mesmo. Já Skaf, encontra maior aceitação entre os que ganham entre 5 a 10 salários mínimos.

LEIA TAMBÉM: