Mudanças

Carnabanda 2019 terá limitação diária na circulação de bandas

A novidade será a limitação de duas bandas por dia, das 19 às 22 horas, em dias úteis. Nos finais de semana, a limitação será a mesma, mas o horário será definido pela Prefeitura de Santos.

27 de dezembro de 2018 - 17:00

Da Redação

Compartilhe

Para evitar transtornos, como o ocorrido no ano passado, com brigas e tumultos em algumas bandas carnavalescas, a Prefeitura de Santos vai limitar a participação dos grupos para apenas duas exibições por dia.

A informação consta do Decreto 8.305 assinado pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).

Ela regulamenta a circulação de bandas carnavalescas dentro do evento Santos Carnabanda 2019.

Conforme o artigo 2, a circulação das bandas carnavalescas será permitida entre 1º de fevereiro a 5 de março.

Este ano o Carnaval ocorrerá de 2 até 5 de março.

Apenas duas bandas poderão desfilar por dia útil – em horário pré-estabelecido -, das 19 às 22 horas.

Já nos finais de semana e dias de Carnaval, também duas bandas poderão desfilar, mas os horários serão definidos pela Prefeitura.

No ano passado, alguns dias, como 27 de janeiro, um sábado, receberam o desfile de cinco bandas.

Algumas foram em horários simultâneos, o que prejudicou a logística e também o trabalho da Polícia Militar.

As bandas poderão desfilar em toda a Cidade, com exceção das avenidas da orla, Praça Almirante Gago Coutinho, Avenida Rei Alberto I, Avenida Epitácio Pessoa.

E ainda: Rua Governador Pedro de Toledo, Rua Galeão Carvalhal, Praça Independência.

Também: Avenida Marechal Floriano Peixoto, Rua Barão de Penedo, Rua Rio Grande do Sul e Rua Santa Catarina.

Além disso: jardins da praia e vias de acesso aos morros.

 

Interessados

Quem quiser promover o desfile com sua banda, deve retirar ficha de inscrição no Departamento de Eventos, da Secretaria Municipal de Cultura, de 7 a 11 de janeiro, em horário comercial.

Considera-se banda aquela que reúna, no mínimo, 300 participantes.

Cada banda poderá realizar seu desfile por um período máximo de 3 horas.

As informações completas do decreto estão disponíveis no Diário Oficial desta quinta (27).

LEIA TAMBÉM: