Cobrança

Prefeitura de Santos estuda cobrança sobre chuveiros da orla da praia

Moradores da Cidade divergem opiniões sobre as possíveis regulamentações dos 49 chuveirinhos espalhados pela orla da praia

04 de dezembro de 2018 - 09:37

Da Redação

Compartilhe

Ao longo da orla da praia, 49 chuveiros estão espalhados pelos jardins.

No entanto, os moradores da Cidade – e turistas – deverão ir se preparando para levar dinheiro trocado à praia.

Afinal, a Prefeitura de Santos estuda a possibilidade de cobrança deste serviço.

A informação foi divulgada pelo secretário de Segurança Pública, Sérgio Del Bel, durante o programa Ação e Reação, na TV Com.

Em toda a orla da praia, estão espalhados, além dos 49 chuveirinhos, 47 lava-pés.

Segundo a Prefeitura de Santos, está em estudo uma série de medidas com relação a gestão das praias da região.

Sendo assim, a regulamentação dos chuveirinhos também está sendo tratada.

Entretanto, como está em fase inicial, o projeto ainda não conta com definições de verbas e valores a serem cobrados pela Prefeitura para regulamentar a matéria.

Prefeitura estuda regulamentação dos chuveirinhos da praia. Foto: Nando Santos

População dividida

Após publicação da possível cobrança no site do Boqnews (inclusive com vídeo publicado nas redes sociais), centenas de internautas se manifestaram.

O assunto divide opiniões sobre a cobrança ou  não dos chuveirinhos.

Segundo o internauta Radharani Cecilia, cozinheira de um quiosque na orla, a decisão pela cobrança é absurda. Ela tema que a Prefeitura vá faça o mesmo nos banheiros da orla.

“E as pessoas que trabalham nos quiosques? Como fica? Já falta estrutura. Temos que usar o mesmo banheiro que todo mundo. Vive um nojo. E agora vão cobrar pela água do chuveiro?”, reclama.

O internauta Sidnei Gonçalves criticou o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

Ele enfatiza que não há adjetivos para classificar essa atitude [cobrança dos chuveirinhos] do prefeito atual.

Por outro lado, outros comentários se mostraram a favor da pasta.

Segundo Manoel Alvarez, a Prefeitura está certa em cobrar a taxa para quem quer usufruir dos chuveirinhos.

Na visão dele, muitos moradores e trabalhadores utilizam os chuveirinhos para encher as bombonas dos ambulantes e para uso particular.

Ele acrescenta ainda que ainda deverá haver uma cobrança dos banheiros também.

Mas ressalta que tudo deverá ser mais limpo e arrumado, assim como os banheiros locais.

Por fim, no primeiro momento, a internauta Yoli Vianna ficou indignada com a possível cobrança.

No entanto, ela acredita que será o certo a se fazer.

“Afinal, quem mais usa os chuveirinhos são os donos dos quiosques, lavadores de carros, nóias (usuários de drogas) e turistas de um dia, que só trazem farofada, mas nada de grana para a cidade”, afirma.

Assista ao vídeo da Boqnews TV.