Saúde

UPA da Zona Noroeste é inaugurada

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa salientou que foi dado mais um passo na qualificação dos serviços de saúde

18 de fevereiro de 2019 - 17:35

Da Redação

Compartilhe

A UPA da Zona Noroeste (Avenida Jovino de Melo, 927, Areia Branca) foi inaugurada na manhã desta segunda-feira (18).

Todavia, a partir das 19h, estará aberta para os primeiros pacientes que precisarem de atendimento de urgência e emergência. 

A unidade, capaz de atender até 550 pacientes por dia, é 100% climatizada, informatizada com prontuário eletrônico.

Também é monitorada por câmeras e profissionais de controle de acesso e segurança.

“Este é mais um passo que damos para qualificar os serviços de saúde, para cuidar das pessoas que virão aqui em busca do atendimento humanizado”, destacou o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

O chefe do Executivo enumerou investimentos no setor de saúde nos últimos anos.

Houve a entrega da UPA Central (Vila Mathias), do Complexo Hospitalar dos Estivadores (Encruzilhada) e de nove policlínicas (três delas na Zona Noroeste).

Outras unidades

Além disso, ele anunciou que até o final do ano serão concluídas outras obras. São as das policlínicas da Areia Branca e do Jabaquara e da UPA da Zona Leste. Posteriormente, em 2020, esta última entrará em operação.

O secretário de Saúde, Fábio Ferraz, explicou que o Pronto-Socorro da Zona Noroeste será desativado de forma gradativa. Mas afirmou que todos os leitos serão mantidos para a retaguarda da rede de urgência/emergência.

“Também continuarão funcionando o Hospital Arthur Domingues Pinto e a Maternidade Silvério Fontes”.

Contudo, a Prefeitura pretende ampliar dos atuais 69 leitos do complexo para até 106. Todavia, aguarda a liberação de recursos de compensação ambiental para a reforma e equipagem do imóvel.

A UPA da Zona Noroeste conta com classificação de risco e equipamentos de eletrocardiograma, ultrassonografia e raio-X digital. São novidades em relação ao atendimento oferecido no PS.

A unidade soma 20 leitos: dois de observação pediátrica, 12 adultos, um individual de curta duração e cinco de emergência (semi-intensiva).

Além disso, há seis consultórios (dois pediátricos, três clínicos gerais e um de ortopedia), bem como brinquedoteca, sala de raio-X e sala de coleta de exames.

Presenças

Também participaram da inauguração o coordenador do Núcleo do Ministério da Saúde em São Paulo, José Carlos Paludepo; o diretor de Planejamento da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), Agrimeron Cavalcante, da organização social que fará a gestão do equipamento; o presidente da Câmara Municipal, Rui de Rosis, vereadores e representantes da comunidade.

Por indicação do vereador Manoel Constantino, foi prestada homenagem ao oncologista Alberto Pessoa. Natural de Recife (PE), ele atuou na Cidade por mais de 50 anos e morreu no ano passado, com a presença de seus familiares.

LEIA TAMBÉM: