Saúde
Mauricio Freire

- Formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva no ano de 1988. - Urologista e Homeopata Unicista - Hipnólogo Clínico formado pelo Instituto Rogério Castilho Hipnose & PNL - Ativista quântico formado pelo Dr Amit Goswami - Pós Graduação em Nutrologia pela ABRAN - Associação Brasileira de Nutrologia

Psoríase uma doença autoimune e uma nova visão de tratamento

19 de abril de 2017 - 08:06

Compartilhe

Uma doença autoimune é uma condição que ocorre quando o sistema imunológico ataca e destrói tecidos saudáveis do corpo por engano. Existem mais de 80 tipos diferentes de doenças autoimunes.
Normalmente, os leucócitos do sistema imunológico ajudam a proteger o corpo contra substâncias nocivas, chamadas de antígenos. Alguns exemplos de antígenos incluem bactérias, vírus, toxinas, células cancerígenas e sangue ou tecidos de outras pessoas ou espécies. O sistema imunológico produz anticorpos que destroem essas substâncias nocivas.

Nos pacientes com doença autoimune, o sistema imunológico não consegue distinguir entre os tecidos saudáveis do corpo e os antígenos. O resultado é uma resposta imunológica que destrói os tecidos normais do corpo. Essa resposta é uma reação de hipersensibilidade similar à resposta no caso de doenças alérgicas.

Nas alergias, o sistema imunológico reage a substâncias externas que ele normalmente ignoraria. Nas doenças autoimunes, o sistema imunológico reage aos tecidos normais do corpo que ele normalmente ignoraria.

A causa dessa incapacidade de distinguir entre os tecidos saudáveis do corpo e os antígenos são desconhecidas. Uma das teorias afirma que alguns micro-organismos (como as bactérias ou vírus) ou medicamentos podem desencadear essas mudanças, principalmente nas pessoas que têm genes que aumentam suas chances de ter doenças autoimunes. Outra questão importante são as alterações emocionais como estresse prolongados ou mesmo um acontecimento impactante na vida da pessoa e hoje se sabe que são “ gatilhos “ para desencadearem as doenças autoimunitarias.

Uma doença autoimune pode afetar um ou mais órgãos ou tipos de tecido. As mais comuns são:
Artrite reumatoide; Esclerose múltipla; Esclerodermia; Diabetes mellitus tipo 1; Doença de Graves e tireoidite de Hashimoto; Lúpus eritematoso; Psoríase; Vitiligo; Síndrome de Sjögren; Doenças crônicas intestinais; Doença celíaca etc.

Sabemos o sofrimento que estas alterações trazem ao indivíduo com lesões muitas vezes auto limitantes, limitando a vida desta pessoa e também com as novas pesquisas e conhecimentos científicos os tratamentos adicionais para o equilíbrio do indivíduo como um todo e do sistema imunológico como a Homeopatia Unicista e mais recentemente as suplementações com a Vitamina D , que na realidade é um hormônio esteroide , e que tem trazido resultados surpreendentes para as doenças autoimunes com a imunomodulação do sistema imunológico e isso feito com critério e acompanhamento médico com ajuste de doses individuais e exames laboratoriais. Muitos trabalhos científicos hoje tem demonstrado a importância da Vitamina D e não podemos fugir disso.

Por exemplo:

Psoríase – Tratamento Homeopático e do sistema imunológico
A psoríase é uma doença não contagiosa, crônica e autoimune, que faz com que o próprio corpo se ataque. Os sintomas físicos mais frequentes são lesões que aparecem na pele tornando-a irregular, inflamada e escamada. Ou seja, formam-se placas, que podem abrir e sangrar. A psoríase é mais do que lesões dolorosas da pele. Alguns dados sugerem também que existe uma relação com outras condições de saúde, incluindo a artrite psoriática. Os doentes podem também sofrer de baixa autoestima e de isolamento social.

A psoríase acelera o ciclo de crescimento das células da pele, resultando em áreas de pele espessa e escamosa.

A psoríase aparece habitualmente no couro cabeludo, joelhos, cotovelos, região inferior das costas, mãos e pés embora possa desenvolver em qualquer local da pele como nas unhas das mãos e dos pés.

A psoríase afeta cerca de 125 milhões de pessoas no mundo. A gravidade da doença varia de pessoa para pessoa e cerca de 25% dos doentes são afetados por doença moderada a grave.

Por ser uma doença autoimune o sistema de defesa está em desarmonia e existe hoje estudos que indicam que o componente emocional do indivíduo é muito importante para o desencadeamento e a piora desta doença. Portanto, o tratamento que não leva o mental em consideração tende a não ter bons resultados.

Adjuvante ao tratamento convencional a homeopatia unicista, onde se trata o indivíduo como um todo levando em consideração o físico e o emocional e que estimula a força vital do indivíduo a reagir e equilibrar as desarmonias físicas e mentais, é uma opção onde se obtem resultados fantásticos para o controle desta doença. Juntamente pode-se associar o tratamento para modular e equilibrar o sistema imunológico obtendo assim resultados interessantes para a psoríase. Hoje o tratamento com suplementação de Vitamina D, que na realidade não é uma vitamina mas sim um pró hormônio,é o que se tem de melhor resultado para a modulação imunológica e assim um controle total da psoríase e de qualquer doença autoimune. Na medicina as especialidades tem que caminharem juntas em busca do alívio para o paciente e não se esquecer que o mental e o físico caminham juntos e não separados.
É preciso devolver a autoestima para as pessoas que possuem Psoríase e todas doenças autoimunitárias e dizer que existe uma luz no fim do túnel renovando as esperanças,pois só quem sofre deste mal sabe como é conviver com isso.

Deixem suas opinões nos comentários
Breve atendendo também em Santos.
Mais informação: www.clinicamauriciofreire.com.br