ETC
Seu dinheiro

Está na hora de investir em letra de crédito imobiliário

Para as Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), os recursos adquiridos são destinados, como o nome sugere, somente para atividades do setor imobiliário

28 de outubro de 2018 - 18:05

Publieditorial

Compartilhe

Um dos investimentos que vem se tornando mais populares entre os investidores, as Letras de Crédito Imobiliário, ou LCIs, estão cada vez mais acessíveis e vantajosas para quem deseja melhores rendimentos sem sair da renda fixa.

Um dos motivos para tanto interesse é a ausência de tributos e taxas.

Isso faz com que sejam aplicações indicadas para pequenos investidores, principalmente pelo cenário político-econômico atual.

Os juros estão mais baixos e a Selic manteve-se estável na última reunião do COPOM (Comitê de Política Monetária), então esse é o momento certo para adquirir as letras de crédito.

 

Para as LCIs, em específico, os recursos adquiridos são destinados, como o nome sugere, somente para atividades do setor imobiliário.  Foto: Divulgação

Mas, antes de tudo, o que é LCI?

Assim como a maior parte dos investimentos em renda fixa, trata-se de um título emitido por uma instituição para adquirir fundos.

Para as LCIs, em específico, os recursos adquiridos são destinados, como o nome sugere, somente para atividades do setor imobiliário.

Em troca desse empréstimo, aí vencimento do ativo, o investidor recebe o valor acrescido de juros, o que caracteriza a rentabilidade.

Essa data de vencimento é definida no momento da escolha do título, pois existem diversas opções disponíveis, de curto a longo prazos, o que faz das LCIs investimentos apropriados para diferentes objetivos de vida.

A rentabilidade também é conhecida na hora da compra, seja por meio de um valor prefixado ou uma porcentagem de índice.

 

Quais as principais vantagens em investir nas letras de crédito?

Antes de tudo, é fundamental ter em mente que nem toda aplicação é indicada para todos os investidores; cada uma é mais inclinada a atender determinado perfil e objetivos específicos de vida.

Por isso, é imprescindível conhecer as características dos investimentos para, então, descobrir o quanto vale a pena investir.

No caso das LCIs, a rentabilidade é o primeiro ponto a ser levado em conta.

Afinal, os rendimentos são muito próximos ao CDI, benchmark bastante utilizado em todos os títulos da renda fixa.

O principal benefício é ter a taxa de retorno alinhada com o mercado, diferente do que ocorre com a poupança, por exemplo.

Outro ponto importante é a segurança.

Por ser uma aplicação de renda fixa, por si só, já tem pouco risco de crédito, o mais temido entre os investidores.

Isso porque a rentabilidade pode facilmente ser calculada no momento da aplicação, ainda que seja pós-fixada, ou seja, atrelado a um índice de referência.

Mas, além disso, esses títulos possuem cobertura do FGC, que faz o ressarcimento do dinheiro em caso de falência da instituição.

Para finalizar, os principais fatores que fazem as letras de crédito imobiliário serem tão interessantes é a ausência de taxas.

Na prática, significa não pagar impostos e ter a rentabilidade intacta ao fim da aplicação.

Normalmente, são contados IOF e IR de todos os investimentos, com condições específicas, o que pode comprometer a rentabilidade.

Um ponto extra é que, se comparada a outra letra de crédito, LCA (letra de crédito do agronegócio), as LCIs possuem aportes iniciais menores.

Ou seja, investidores de primeira viagem podem facilmente aplicar seu dinheiro nesta última sem se preocupar em poupar grandes quantias anteriormente.

Para investidores de perfil moderado e agressivo, ou mesmo para os mais experientes, a LCI ainda ajuda na diversificação dos investimentos.

Como investir em LCI agora?

Para começar a investir em LCI, o ideal é sempre priorizar corretoras que não tenham nenhuma ligação com bancos, pois podem oferecer produtos com rentabilidade menor apenas por uma questão de meta.

Com isso em mente, basta abrir uma conta em uma corretora para dar os primeiros passos.

Uma boa dica é analisar o porte do banco e os rendimentos dos seus títulos: instituições menores tendem a oferecer melhores retornos e condições, justamente por necessitarem mais de crédito do que os bancos maiores.

Além disso, não é preciso se preocupar com calote, pois essas aplicações possuem a cobertura do FGC.

Depois de escolher as Letras de Crédito Imobiliário mais indicadas, bata transferir uma quantia de dinheiro para a conta da corretora e passar a investir!

Vale fazer uma simulação hoje ou contar com o apoio de consultorias especializadas, mas, de maneira geral, é bem simples começar a multiplicar seu patrimônio.

LEIA TAMBÉM: