ETC
Novidade

Você conhece os novos residenciais estudantis?

Student Housings fazem parte de um segmento de alto potencial no Brasil. Empresas já começam a oferecer este tipo de serviço no Brasil.

26 de outubro de 2018 - 20:55

Publieditorial

Compartilhe

Alguns lançamentos imobiliários estão movimentando o mercado, em exemplo os residenciais estudantis.

Apesar de ser pouco explorado e conhecido no Brasil, estes estão sempre atraindo investidores.

Diante este cenário é possível que conforme analistas estes imóveis comecem a se desenvolver de forma acelerada nos próximos anos.

Para entender um pouco do que se trata, acompanhe a seguir.

 

O que são os novos residenciais estudantis?

Os novos residências estudantis são chamados no exterior de “student housing”.

Este segmento funciona como serviço para locação para estudantes universitários nos Estados Unidos e na Europa.

Bastante popular existem até fundos imobiliários exclusivos para este setor.

Como apresenta vínculo com a área da educação, este setor funciona como aposta dos investidores no setor imobiliário.

Em exemplo, as empresas do ramo, como Mitre Realty e Uliving Brasil, desejam incluir a disposição dos universitários cerca de 6 mil camas até 2021.

Conforme levantamento da consultoria imobiliária JLL no Reino Unido foi mais de n£ 3,2 bilhões (R$ 12 bilhões) investido em 2016.

No Brasil ainda não existe pesquisa relacionadas aos “student housing”, porém, analistas indicam o alto potencial.

 

Apesar de não existirem pesquisas, analistas apontam o potencial de crescimento das student housings no Brasil. Foto: Divulgação

Presença do setor no mercado brasileiro

Apesar de estar em expansão, no Brasil já existem empresas pioneiras com mais de 138 camas em operação.

O índice é de oferecer mais de 303 até o fim do ano.

A empresa Uliving Brasil acredita chegar a 3,5 mil camas em cinco anos com projeto de aporte de R$ 100 milhões.

As demandas destes lançamentos imobiliários estão latentes e este tipo de hotelaria está em ascensão.

Devido à crise do setor imobiliário permitiu que as incorporadoras procurassem por serviços diferentes.

Com a diminuição da taxa de juros, é uma opção para investir em residências.

Em exemplo, a Mitre tem uma parceria com a Readstone, com operação de 13 mil camas para estudantes nos EUA.

Com isto é possível que a mesma seja a responsável para administração dos empreendimentos no Brasil.

 

Vantagens e desvantagens destes lançamentos imobiliários

As vantagens e desvantagens de morar nestas acomodações são inúmeras, portanto, para conhecimento veja se vale a pena.

 

Vantagens

 

Organização
Com este tipo de imóvel o usuário tem acesso à luz, água, internet e limpeza.

Ou seja, é possível manter a organização do espaço.

A maior parte destes imóveis já oferece sala de estudos, academia, piscina e cozinha compartilhada.

 

Segurança
O estudante tem controle de acesso, câmeras e todos os sistemas de segurança prediais.

Este trabalho recebe apoios de empresas especializadas. Com sistema de combate a incêndio e de manutenções preventivas na qual possível evitar acidentes.

 

Comunidade
O espaço é uma forma de viver cercado por usuários com os mesmos desejos.

No local é possível morar e dividir o seu quarto, além de ter uma integração.

 

Desvantagens

 

Preço
O preço é um fator dominante, pois como o local oferece tudo em um pacote o valor pode ser elevado, porém, é uma forma facilitada de ter todos os serviços.

 

Longe de casa

Neste tipo de acomodação a desvantagem é a dificuldade de viver longe de casa, mas com o tempo é possível adaptar-se.

De qualquer modo, estes pontos negativos são mínimos se forem levados em conta as vantagens de viver nestes novos residenciais estudantis.

Neste tipo de espaço é possível ter segurança, comodidade, escolher local mobiliado, compartilhado ou não.

Todos estes itens podem interferir no valor e se for levado em conta pode ser muito mais vantajoso.

A ideia de ter pessoas de diferentes perfis morando em um espaço é uma forma de chamar atenção dos estudantes.

No final das contas este tipo de lançamentos imobiliários é um modo de oferecer segurança, conforto e estrutura em uma residência estudantil.

Assim, com esta experiência é possível até influenciar no desenvolvimento pessoal e profissional.

Em países como, os EUA e a Inglaterra este segmento está em expansão e tem sido a escolha de muitos.

Com este impacto é natural que o setor possa “explodir” e ser considerada uma tendência para o meio imobiliário.

LEIA TAMBÉM: