turismo

Paris, capital da França, atrai casais apaixonados há décadas

Símbolo de Paris, Torre Eiffel é cenário ideal e romântico para casais apaixonados

20 de abril de 2017 - 10:16

Da Redação

Compartilhe

Não é de hoje que Paris, a capital da França, é terra de apaixonados. Nos filmes protagonizados pela atriz Audrey Hepburn, nos anos 50 e 60, a cidade já era o cenário perfeito para falar de casais que se amam e até hoje esta imagem não saiu de moda. Um exemplo disso é o filme Meia Noite em Paris, que narra um romance enquanto mostra os vários cantos da cidade francesa.

Como a ficção e a vida real sempre andam juntas, a França pode ser o destino ideal para a lua de mel. Aliás, este é um momento do casal celebrar a nova fase da vida a dois.

paris

Torre Eiffel

Principal símbolo da França, a Torre Eiffel merece um dia dedicado apenas a ela e o seu entorno.
Próximo ao local existem ótimos bistrôs para o almoço ou chá da tarde, mas os casais que preferem um momento mais intimista podem comprar vinhos, queijos e croissants e aproveitar a bela vista de Paris sentados no jardim ao redor.

Gastronomia

Sem dúvida, a gastronomia é um ponto peculiar em cada cidade do mundo. Quem vai a Paris não pode deixar de experimentar os deliciosos e coloridos macarons, encontrados em qualquer patisserie parisiense.

A história do Doce da Rainha é bastante antiga, com cerca de 500 anos quando a rainha da Itália, Catarina Catarina di Médici, mudou-se para a França no século 16.

Hospedagem

A lua de mel merece uma excelente hospedagem e em Paris isso não costuma ser problema. Uma opção diferente e marcante pode ser um hotel boutique, que possui muitos elementos relacionados à arte em suas áreas, além de instalações charmosas e bastantes luxuosas. Em sua maioria, esses hotéis estão instalados em prédios que preservam a arquitetura histórica.

Outros hotéis deste segmento não possuem muitas áreas de lazer, sendo o local ideal para aqueles casais que gostam de passear o dia inteiro e apenas voltam ao hotel para dormir e relaxar.

LEIA TAMBÉM: