Turismo

Rio de Janeiro: Espírito carnavalesco

Templo da folia, o Rio de Janeiro atrai milhares de pessoas

10 de fevereiro de 2019 - 08:51

Da Redação

Compartilhe

O Carnaval do Rio de Janeiro é conhecido mundialmente.

São cinco dias intensos, reunindo moradores locais, além de milhares de turistas.

É lá que está a Cidade do Samba, pólo cultural e parque temático, que abriga barracões das principais escolas de samba do Rio de Janeiro.

Localizado no bairro da Gamboa, neste época do ano o parque reúne oficinas, onde é possível acompanhar a produção carnavalesca de carros alegóricos e fantasias.

Tendas, exposições, aulas de dança e shows estão inclusos na programação do local.

Desfiles

O Sambódromo da Marquês de Sapucaí recebe o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro, um dos mais belos espetáculos culturais.

Eles ocorrerão nos dias 3 e 4 de março.

As escolas, divididas em Grupo Especial e Grupo de Acesso, devem cumprir uma série de quesitos, como bateria, comissão de frente, fantasias, samba-enredo, entre outros.

Existe também o desfile das escolas de samba mirins, que estimulam a rivalidade sadia desde cedo.

As crianças participantes precisam comprovar que estão matriculadas em alguma instituição de ensino.

No sábado (9) após o Carnaval acontece o desfile das escolas campeãs.

A Sapucaí oferece algumas opções para acompanhar as apresentações: arquibancadas, frisas – áreas mais baixas –, cadeiras numeradas e áreas VIP.

Devido à popularidade do evento, é importante comprar ingressos com antecedência.

Existem vários sites que oferecem os tíquetes.

Carnaval de rua

Além dos desfiles, a festa carioca é muito popular pelos blocos e bandas que tomam conta de toda a cidade.

São mais de 300 blocos espalhados pelo Rio, arrastando multidões para horas de muita dança e folia.

Fantasias de todos os tipos, ritmos variados e as clássicas marchinhas são vistas e ouvidas nas ruas.

Para 2019, a expectativa é de 5 milhões de foliões no carnaval de rua.

Deste montante, 1 milhão deverá ser de turista.

O Cordão da Bola Preta é um dos mais tradicionais blocos do Rio de Janeiro.

Os cordões carregavam esse nome porque os participantes andavam em fila, geralmente fantasiados de acordo com um único tema.

Este ano, o Bola Preta iniciará as atividades no sábado (2), a partir das 9 horas, comemorando 101 anos de existência.

Faltando poucas semanas para a festa, a programação do pré-carnaval carioca já iniciou com festas, blocos, além de muitos ensaios das escolas de samba.

A Cidade Maravilhosa tem nos bailes a parte mais charmosa dos festejos.

O que esbanja glamour é o do hotel Copacabana Palace.

A edição desde ano tem o tema Dolce Carnevale, em homenagem aos costumes italianos.

Para quem quiser curtir o carnaval carioca longe do samba e do axé, a Marina da Glória sediará a 11ª edição do Rio Music Carnival.

São mais de 10 atrações divididas entre os cinco dias de festa, incluindo Dennis DJ, Vintage Culture e Cat Dealers.

Multas

Em meio à farra e alegria, é notável o descaso dos foliões em relação ao descarte de itens.

Buscando manter a cidade limpa e melhorar a qualidade de vida foi criado o programa Lixo Zero, que prevê multa para quem sujar as vias urbanas.

Existe multa também para quem for flagrado urinando nas vias.

Em 2018, quase 3 mil multas foram aplicadas, sendo o Carnaval o período mais crítico.

O não pagamento da multa de pouco mais de R$ 563,30 consiste em nome negativado no Serasa, por meio de protocolo enviado pela Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb).–

LEIA TAMBÉM: