Poema

Funeral!

Um poema profundo no seu conteúdo espiritual. Nova colaboração de José Roberto da Silva Vasconcelos.

09 de fevereiro de 2018 - 18:25

José Roberto da Silva Vasconcelos

Compartilhe

Tive, certa vez,
Um passeio com um anjo do bem
Mostrando com nitidez,
Como é bom ser do bem.

Funeral concorrido
De um cidadão favorecido,
Amante do belo e do amor,
E defensor da natureza do Criador

Levou-me ao evento
Num sopro de vento.
Tanto vimos encarnados
Como desencarnados.

Vi carros oficiais
E guardas de motos,
Ternos pretos e escuros focais
Credenciais em mil tecno aparatos.

Rainhas, Reis,
Ministros, Presidentes,
Senadores sorridentes
E Princesas contentes.

De braços dados certa alteza
No tapete vermelho desfilava
Rumo a limusine que a aguardava
Com bela escolta motorizada.

Milhares vinham
E flashes explodiam,
Outros mais acudiam
E aplaudiam.

Luzes intermitentes
Dos motorizados oficiais,
Sirenes estridentes
Anunciavam os finais.

Tal cortejo seguiu pro horizonte
Espargindo luz cintilante
Ao redor e adiante
Com energia reconfortante.

Atores ilustres na Espiritualidade
Vivendo noutra realidade
Os frutos colhidos do amor
Semeados na Seara do Senhor.

*********

José R. da S. Vasconcelos.
vascohomosapiens@gmail.com
Desde 2016 colabora com este veículo