Foto: Natalia Rodrigues / Divulgação

Clima

31 DE JULHO DE 2018

Chuva de granizo marca a madrugada desta terça-feira na Baixada

Chuva de granizo, raios e pancadas de chuvas auxilia no acumulo de grandes volumes na Baixada Santista até o final dessa semana

Por: Lucas Freire

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Moradores da Baixada Santista se depararam com chuva de granizo durante a madrugada desta terça-feira (31).

A presença dos granizos foi mais forte em áreas como Vila Tupi na Praia Grande. E também na Área Continental de São Vicente.

De acordo com o climatologista, Ricardo Bonafim, as áreas de instabilidades estão associadas a uma frente fria. Portanto, as mesmas provocam pancadas breves.

Bonafim diz que intensidades podem variar entre, moderadas a fortes na região, fazendo com que o acumulo de volume seja maior.

“A presença de granizo significa que o tempo está extremamente instável”, explica o climatologista.

Chuva de granizo em São Vicente

Após a chuva de granizo, moradores se depararam com gelo em suas janelas (Foto: Natalia Rodrigues / Divulgação)

Neblina

Nos últimos dias, os munícipes se impressionaram com o efeito de nevoa que se espalhou pelas cidades.

O clima, antes que estava estável com a neblina, agora se encontra com as tempestades se na instabilidade.

As áreas de instabilidades estão associadas a uma nova frente fria, que determinam pancadas de chuvas esparsas e por vezes acompanhadas de descargas elétricas.

A presença da névoa impossibilitou a visualização dos prédios mais altos em Santos (Foto: Jornal Boqnews / Instagram)

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.