cidades

Cursos para objetivos distintos

Cada profissão exige um tipo de pós. Mestrado – tanto o acadêmico quanto o profissional -, doutorado e especialização são…

06 de fevereiro de 2009 - 19:02

Da Redação

Compartilhe

Cada profissão exige um tipo de pós. Mestrado – tanto o acadêmico quanto o profissional -, doutorado e especialização são cursos  diferentes. Para começar, mestrados e doutorados fazem parte das pós stricto sensu. A principal função desses cursos é formar pesquisadores e professores universitários. Eles são avaliados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Já as especializações – dentre elas, o MBA (Master in Business Administration) – são pós-graduações lato sensu – voltadas ao mercado, com um objetivo técnico-profissional específico. Em comum, todas  exigem do candidato o diploma de graduação reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Vale salientar  que para ter validade, todas pós (stricto e lato) devem ter reconhecimento do ministério.

As universidades têm  liberdade para montar e administrar seus programas de pós. Por isso, nem sempre existe uma regra fixa para a duração do curso e os requisitos exigidos do candidato. No quadro ao lado, é possível conhecer as várias modalidades de pós-graduação existentes, com informações sobre as práticas mais comuns.

Variedade
 Em Santos, existem mais de duas centenas de cursos dos mais variados tipos e áreas de atuação em diversas instituições, todas particulares, a grande maioria em nível lato sensu. Algumas instituições, como a UniSantos e Unimes, também oferecem mestrado e até doutorado.
Além dos MBAs, voltados aos vários segmentos na área de administração, algumas áreas têm obtido destaque, como a de Petróleo e Gás, em razão da descoberta destes produtos pela Petrobras na Bacia de Santos, o que motivou as instituições a investirem também neste segmento econômico.

A pós pode ocorrer de três formas: presencial (com a participação do aluno em sala de aula), EAD (ensino a distância) ou semi-presencial (telepresencial), uma mescla das duas situações. A maior diferença é o deslocamento dos alunos, pois as exigências são as mesmas para todos os casos. Diante da ampliação do EAD, instituições de outras localidades também formalizaram parcerias com escolas locais para ministrar seus cursos, ampliando a oferta ao público interessado.

Bem-estar

Diante da oferta de cursos, existem alguns que chamam a atenção, como o de pós-graduação em consultoria de bem-estar, curso recém-lançado pela Wellness Education, o primeiro do gênero no País e que conta com um núcleo em Santos.

A idéia do curso é modificar o conceito de pós-graduação e de educação continuada por meio de cursos de extensão universitária, possibilitando um maior acesso à informação e educação de  qualidade, por não exigir que o aluno se desloque de sua região de moradia.

Os cursos são telepresenciais e as aulas ministradas ao vivo, em uma sala-aula estúdio, de São Paulo, e transmitidas via satélite diretamente para a sede da unidade santista. “Já temos mais de 50 inscrições em toda a rede, onde os alunos podem interagir com os professores simultaneamente”, explica o professor de Educação Física,  divulgador da Fitness Brasil  e da Wellness Education em Santos, Nivaldo Magalhães

O sistema educacional possibilita ainda uma formação de qualidade aos profissionais que buscam elevar o conhecimento. Nivaldo diz que a  pós-graduação em bem-estar é uma novidade que atende os profissionais da área de Saúde. “Somos a primeira pós-graduação em bem-estar no Brasil e o objetivo é proporcionar mais qualidade de vida a todos”, diz.

O foco está nas áreas de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia, Medicina Esportiva e Psicologia Esportiva. O professor  ressalta o motivo do surgimento do curso. “A área de Saúde está em constante crescimento. Muitas pesquisas são feitas, e, por exemplo, alguns exercícios ou métodos de trabalho que antigamente representavam algum tipo de ameaça aos praticantes, hoje  são vistos de forma  diferente e vice-versa.  Focamos  desde a Fisiologia do corpo humano até técnicas holísticas, para que a pessoa não se torne apenas mais um professor de Educação Física,  mas um consultor em bem-estar”, diz.



 

LEIA TAMBÉM: