Vandalismo

Furtos levam à reposição de mais de 320 tampas de ferro em quatro meses

Tampas de poços de visita, bocas de lobo e caixas de passagem estão entre os principais alvos em Santos. Ausência delas oferece riscos a pedestres e motoristas

16 de maio de 2019 - 09:23

Da Redação

Compartilhe

Mais de 320 tampas de ferro foram substituídas de janeiro a abril em diversos pontos da Cidade.

O serviço tem se intensificado, principalmente, devido aos recorrentes furtos destes materiais. Assim como fios de cobre e outros metais, eles são alvos constantes de atos de vandalismo.

Dentre as peças substituídas estão tampas de poços de visita, bocas de lobo, também conhecidos como bueiros. E também de caixas de passagem, localizados nas calçadas para a fiação subterrânea.

Para inibir os atos, a Secretaria de Serviços Públicos tem optado por peças em concreto.

De acordo com a titular da pasta, Fabiana Pires, o valor gasto com reparos de atos de vandalismo tem sido crescente.

“Além dos fios de cobre e outras peças metálicas, agora temos visto furto de peças de ferro. O gasto estimado da Prefeitura é de R$ 40 mil reais por ano para reposição de peças furtadas. Um valor que poderia ser investido em outras melhorias para os munícipes”.

A Prefeitura orienta que, ao verificar locais sem tampa ou com outros tipos de risco aos pedestres ou motoristas, a ocorrência deve ser registrada na Ouvidoria, Transparência e Controle.

Denúncias podem ser feitas pelo número 162. Além disso, é possível comunicar diretamente na Prefeitura (Centro) de segunda a sexta, das 8h às 18h, ou pelo Santos Portal.

LEIA TAMBÉM: