Foto: Divulgação

Vacinação

21 DE AGOSTO DE 2021

Guarujá vacina 16 e 17 anos com comorbidades a partir do dia 23

Público desta faixa etária que possui comorbidades deverá buscar pela primeira dose no Ginásio do Guaibê

Por: Da Redação

Na próxima segunda-feira (23), Guarujá começa a vacinar contra a covid-19 os adolescentes de 16 e 17 anos que possuem comorbidades. Este público já poderá buscar pela primeira dose no Ginásio Guaibê (Avenida Santos Dumont, 420 – Santo Antônio). Além disso, Guarujá mantém a vacinação do público com mais de 18 anos. O Guaibê também funciona no atendimento às segundas doses.

O Município está dentro do período estipulado pelo Governo do Estado, através do cronograma do Plano Estadual de Imunização (PEI), que inclui adolescentes de 12 a 17 anos, priorizando os que apresentam comorbidades, deficientes, grávidas e puérperas, de 18 a 29 deste mês.

O início do atendimento aos menores de idade com comorbidades só será possível porque Guarujá recebeu doses da Pfizer para a imunização do público entre 16 e 17 anos, que na Cidade é de aproximadamente 1.500 pessoas. A Secretaria de Saúde (Sesau) de Guarujá aguarda novas remessas do imunizante para atender esta e que o Município possa abrir novas faixas etárias de adolescentes.

O secretário de Saúde de Guarujá, explica que Guarujá possui um estoque suficiente para realizar a imunização dos adolescentes com comorbidades. “Por isso, exigiremos apresentação obrigatória de laudo médico a esses adolescentes, por meio de receita atual de uso contínuo de medicamentos para tal comorbidade, como por exemplo, diabetes e hipertensão, sem contar os demais documentos pessoais (ver abaixo)”.

O titular da Secretaria de Saúde detalhou o porquê de a Prefeitura decidir postergar esse prazo para início da imunização dos adolescentes. “Enquanto aguardamos novas doses, nesta semana estamos concentrados na captação de pessoas para o recebimento da segunda dose, tendo em vista que disponibilizamos o Guaibê para a dose reforço (2ª dose), é um local estratégico e central”.

Para garantir a vacina, basta apresentar um documento com foto, CPF, comprovante de residência na Cidade (que pode ser em nome dos pais), além de levar o cadastro do Vacivida devidamente preenchido e laudo médico atestando a comorbidade.

Não é obrigatório que o menor esteja acompanhado dos pais, no entanto a Secretaria recomenda a apresentação de termo de autorização (pelos pais ou responsáveis), que também pode ser online. No sentido de evitar aglomerações, a Secretaria de Saúde explica que os responsáveis serão encaminhados a outros espaços, de modo que ele não poderá permanecer na mesma fila que o adolescente.

Doses, Locais e horários – Nesta segunda-feira (16), a UBS da Vila Baiana (Rua Vereador Orlando Falcão, 172) passou a receber o público de mais de 18 anos de maneira permanente. Agora são seis unidades de saúdeda Atenção Básica, para o recebimento da segunda dose. As demais são: UBS Morrinhos, Pae Cará; e as Unidades de Saúde da Família (Usafas) do Perequê, Las Palmas e Boa Esperança. Todas funcionam das 9 às 15 horas.

O Ginásio Guaibê (Avenida Santos Dumont, 420 – Santo Antônio), que ultimamente só vinha atendendo com primeiras doses, volta a aplicar também segundas doses na terça-feira (17), mas em caráter temporário. O funcionamento permanece às segundas e quintas-feiras, das 13 às 19 horas; e terças, quartas e sextas, das 9 às 15 horas.

Cadastro prévio – O cadastro prévio no site oficial do Governo do Estado (https://www.vacinaja.sp.gov.br/) é fundamental para agilizar o atendimento na hora da imunização. A inscrição pode ser feita pelo próprio candidato à imunização ou por algum familiar. Completar o passo a passo diminui consideravelmente o tempo de atendimento no posto de vacinação desde a chegada até o momento de sair de lá com a vacina no braço e o comprovante nas mãos.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.