Renner expande modelo de loja circular em São Vicente | Boqnews
Foto: Spartacus Breches / Divulgação Renner

Loja sustentável

07 DE DEZEMBRO DE 2022

Renner expande modelo de loja circular em São Vicente

Unidade fica na cidade de São Vicente, varejista é pioneira neste modelo de loja mais sustentável no Brasil

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Pioneira na implantação de lojas circulares no varejo brasileiro, a Renner inaugurou uma nova unidade neste modelo. Desta vez, em São Vicente, a primeira no estado de São Paulo.

Sendo assim, o novo ponto de venda incorpora as melhores práticas de sustentabilidade.

Além disso, também está presente a circularidade combinadas com novas soluções de omnicanalidade para oferecer experiências de compras cada vez mais encantadoras.

Dessa maneira, ela fica na rua Frei Gaspar, 406, no município de São Vicente, na região metropolitana da Baixada Santista.

Com isso, aumenta para três o número de operações da marca neste formato no país.

Dessa forma, as outras duas, nos shoppings Rio Sul e Park Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, abriram em outubro de 2021 e março de 2022, respectivamente.

Loja Circular

A loja circular tem como foco a ecoeficiência e a máxima redução dos impactos ambientais, desde a obra até a operação.

Para isto, aplica conceitos como a reutilização e o descarte adequado de materiais ao final da sua vida útil.

Sendo assim, com menor geração de resíduos e de emissões de gases de efeito estufa (GEE), economia de água, uso de fontes renováveis e menor consumo de energia.

Além da instalação de equipamentos automatizados e mais eficientes e manutenção de espaços verdes com plantas e elementos naturais.

“Essa inauguração representa mais um passo na expansão do nosso modelo de loja circular. Ao mesmo tempo, reforça o papel da Renner como agente de transformação do varejo brasileiro ao oferecer opções de consumo cada vez mais consciente aos clientes. Assim, a partir de 2023, todas as novas unidades da marca passarão a incorporar pelo menos algumas dessas premissas de circularidade como parte do processo de evolução contínuo do nosso parque de lojas”, diz a diretora de Operações, Fabiana Taccola.

As técnicas empregadas na nova unidade, aliadas à capacitação dos fornecedores de materiais e serviços em relação a processos e tecnologias mais sustentáveis em todas as etapas das obras.

Permitiram que a geração de resíduos fosse em média 34% menor do que em uma construção convencional.

Contudo, sendo que pelo menos 75% dos volumes produzidos foram enviados para reaproveitamento.

O consumo mais eficiente de energia renovável de baixo impacto e o mobiliário circular 43% mais leve, proporcionaram uma redução no potencial de aquecimento global (GWP, na sigla em inglês) pela emissão de gases de efeito estufa nos dois empreendimentos.

Omnicanalidade, ambiente acolhedor e logística reversa 

Portanto, o ponto de venda inaugurado neste mês também oferece soluções como o checkout autônomo e as “bancadas omni”.

É um local onde os clientes podem consultar e fazer compras no e-commerce da Renner.

Assim também, podem acessar um aplicativo que ajuda na escolha de fragrâncias.

A unidade conta ainda com o Espaço Re, com informações sobre as matérias-primas mais sustentáveis empregadas na confecção das peças de vestuário da marca, bem como coletores do programa de logística reversa da Renner, o EcoEstilo (que coleta frascos de perfumaria e roupas em desuso) e da plataforma de revenda online de roupas, calçados e acessórios Repassa.

Modelo alinhado aos compromissos públicos de sustentabilidade até 2030 

A aplicação dos princípios de circularidade no parque de lojas da Renner está alinhada aos novos compromissos públicos de sustentabilidade assumidos pela companhia.

Foi convidada para apresentar sua estratégia de moda responsável na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas 2022 (COP27), no Egito.

Portanto, as metas incluem, a aceleração do desenvolvimento de soluções ambientalmente mais responsáveis nos seus produtos e modelos de negócios.

Dessa forma, com iniciativas como a reciclagem e reutilização de matérias-primas e a redução no consumo de água e energia em seus serviços e processos.

No entanto, um dos objetivos é que, até 2030, 100% das peças de vestuário das marcas próprias da varejista sejam mais sustentáveis.

Certificações LEED e BREEAM

As operações apresentam níveis de ecoeficiência que garantiram a elas duas das mais importantes certificações de construções sustentáveis do mundo.

No entanto, a unidade do shopping Rio Sul conquistou o selo LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) no nível “Gold”, enquanto a do Shopping Park Jacarepaguá foi o primeiro empreendimento do Brasil a obter o certificado BREEAM (Building Research Establishment Environmental Assessment Method) do projeto à execução, com a classificação “Excelente”.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.