Foto: Divulgação

Santos

23 DE JUNHO DE 2021

Santa Casa de Santos moderniza estrutura com novos equipamentos

Parque Tecnológico do Centro Cirúrgico do hospital recebeu novos equipamentos; investimentos na unidade totalizaram R$ 12 milhões

Por: Da Redação

A Santa Casa de Santos, fez o maior investimento de sua história (R$ 12 milhões) para a renovação do Parque Tecnológico do Centro Cirúrgico que conta com novos equipamentos, como o aparelho de anestesia, mesa cirúrgica, monitor multiparametrico, monitor de nervos, microscópio otorrino, entre outros.

O anúncio foi realizado nesta quarta-feira (23), em coletiva de imprensa no consistório da Irmandade.

Segundo a equipe do hospital, o investimento se deu pelo esforço do provedor Ariovaldo Feliciano, que foi fundamental na recuperação das finanças da Santa Casa nos últimos anos.

De acordo com a gerente de suprimentos, Priscila Sartori, este trabalho da renovação do Parque Tecnológico do Centro Cirúrgico começou em setembro do ano passado, quando foi criado o comitê de compras que foi dirigido pela diretoria médica e a equipe técnica “Buscamos os melhores equipamentos para atender a nossa demanda e garantir a segurança e eficácia nos procedimentos, a partir desta seleção. Um dos pontos interessantes nestes novos equipamentos é o arco cirúrgico de alta performance, algo pioneiro na Baixada Santista”, destacou Priscila.

Novo equipamento/ Foto: Divulgação

Importância

A nova estrutura da Santa Casa é de extrema importância para a Baixada Santista. Os novos equipamentos atendem os convênios e o Sistema Único de Saúde (SUS) dando suporte para quem precisa do atendimento. O superintendente da irmandade, Augusto Capodicasa afirmou que a renovação do Centro Cirúrgico vai ampliar o número de cirurgias na Santa Casa que terá ainda mais segurança “Sem dúvida, com esse passo, a irmandade se coloca como um dos principais hospitais do Brasil”.

Questionado sobre a ida de pacientes para realizarem cirurgias na capital, Augusto Capodicasa explicou que a nova estrutura vai eliminar muitos casos deste porte.

“Creio eu, que nos próximos dois anos, nós vamos conseguir zerar essa necessidade. O passo de hoje é importante e trará a maior revolução tecnológica da Baixada”.

Por fim, o superintendente ressaltou que o objetivo do hospital é oferecer o que há de melhor para o paciente.

Enquanto, o diretor médico Rogério Dedivitis frisou que a população irá ganhar em qualidade e segurança no atendimento. “São equipamentos de ponta, nós estamos por exemplo, trazendo focos de luz de uma procedência alemã, isso possibilita a realização de procedimentos com detalhes técnicos mais apurados e da mesma forma um próprio tempo de cirurgia menor”, salientou o diretor médico.

Processos e Covid-19

Além da Renovação do Parque Tecnológico do Centro Cirúrgico, a Santa Casa de Santos realizou a modernização dos Processos Hospitalares nos carros de transporte de alimentos, os novos equipamentos tem controle térmico, tanto quente quanto frio, fazendo com que a comida saia da cozinha e chegue ao leito do paciente com a mesma qualidade que foi produzida.

Em relação ao combate da segunda onda do coronavírus, a Irmandade fez aporte financeiro de aproximadamente R$ 2 milhões, em menos de 10 dias; para garantir toda a estrutura à equipe médica e os leitos dos pacientes.

Assim, foram adquiridos ventiladores mecânicos, sistema de alto fluxo e bombas de infusão.

Santa Casa de Santos realizou o maior investimento de sua história/ Foto: João Pedro Bezerra

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.