Santos ganha primeiro ônibus movido exclusivamente à bateria | Boqnews
Foto: Isabela Carrari/Divulgação-PMS ônibus verde em Santos

Transporte

22 DE AGOSTO DE 2017

Santos ganha primeiro ônibus movido exclusivamente à bateria

O elétrico à bateria, com capacidade para 45 passageiros, é o primeiro do gênero produzido no País, com chassi e carroceria nacionais para uso no transporte urbano

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}
ônibus verde em Santos

Santos ganhou o seu primeiro ônibus que funciona apenas com bateria. Foto: Isabela Carrari/Divulgação-PMS

Santos inova mais uma vez no setor de transporte público ao incorporar à sua frota um ônibus elétrico movido exclusivamente à bateria.

O veículo tem emissão zero de poluentes, baixo nível de ruído e autonomia de 220km. Apresentado nesta terça-feira (22), vai circular na linha 20, que liga o Centro ao Gonzaga (a qual desde de maio conta com outro modelo de tecnologia moderna, o ônibus híbrido – movido a óleo diesel e energia elétrica).

O elétrico à bateria, com capacidade para 45 passageiros, é o primeiro do gênero produzido no País, com chassi e carroceria nacionais para uso no transporte urbano, conforme o diretor nacional da BYD, Silvestre Sousa.

A empresa formou parceria com a Volare para o desenvolvimento do projeto.

Recarga

O elétrico atraiu as atenções na Praça Mauá, no final da manhã desta terça-feira, também pelo visual.

O veículo estampa pintura em tons variados de verde, layout com desenhos de árvores e adesivagem destacando suas características: “100% elétrico, mais ecológico, mais sustentável”.

Funciona com duas baterias, ambas instaladas no teto. A que alimenta o motor fica na parte traseira e a outra (menor), na dianteira.

A recarga total ocorre em 3 a 4 horas (será feita durante a madrugada). Tem sistema de câmeras que, entre outras vantagens, vai permitir ao motorista visualizar o embarque e desembarque de passageiros.

Com piso rebaixado para acessibilidade, também dispõe de ar-condicionado e Wi-Fi.

Híbrido

Em circulação na linha 20 desde maio passado, o ônibus híbrido é movido por dois motores. Um elétrico e outro a diesel, que se alternam para o funcionando do coletivo, de acordo com a velocidade imprimida.

Parado ou até 20km, opera com energia elétrica e, a partir daí, com o motor a diesel.

O modelo consome menos combustível, reduz a emissão de poluentes e também de ruído.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.