Santos

Santos já realizou mais de 40 mil testes de coronavírus

Cidade já registrou 4.447 casos confirmados da doença

04 de junho de 2020 - 18:22

Da Redação

Compartilhe

Desde o início da pandemia de covid-19, a rede municipal de saúde de Santos já realizou mais de 40,6 mil testes para a doença, entre os modelos rápido e laboratorial RT-PCR.

Os números incluem testagens feita sem unidades de saúde como policlínicas e UPAs, e os drive thru montados no estacionamento do Mendes Convention Center (Campo Grande) e na Arena Santos (Vila Mathias).

Neste último local, as atividades foram encerradas nesta quinta-feira (4), com 2.479 testes rápidos, dos quais 73 positivos (2,9%). Durante todo o tempo de funcionamento, iniciado no sábado (30), foram realizados 12.020 testes rápidos, com 584 positivos (4,8%); volume acima do inicialmente esperado, que era de até 10 mil testes rápidos.

“Com os resultados obtidos ao final deste drive thru, somados às demais testagens realizadas no Município, estamos caminhando para ter 10% da população testada para covid-19, uma marca obtida em pouquíssimas localidades no Brasil e no mundo. O alto grau de testagem é uma das principais estratégias para o enfrentamento ao novo coronavírus”, destaca Fábio Ferraz, secretário de Saúde.

Testagens laboratoriais seguem disponíveis nas policlínicas e UPAs

Os moradores de Santos que apresentam sintomas da covid-19 têm acesso ao exame laboratorial RT-PCR nas policlínicas e nas unidades de pronto atendimento (no caso de sintomas mais severos). O exame é considerado padrão ouro para o diagnóstico da doença.

Vale lembrar, no entanto, que a solicitação do exame é feita a partir de avaliação do médico e/ou da equipe de enfermagem da unidade; não são realizadas coletas para exames emitidos por médicos particulares. A coleta das secreções das mucosas do nariz e da garganta é realizada na própria unidade, após a consulta.

Além dos pacientes sintomáticos, o RT-PCR também é realizado na rede municipal em pacientes internados e profissionais de saúde com suspeita da doença.

Horários

Todas as policlínicas funcionam de segunda a sexta-feira a partir das 7h. A maioria das unidades fecha às 17h, com exceção das que têm horário estendido: Marapé (até 18h); Rádio Clube (até 19h); José Menino/Pompeia (até 20h) e Ponta da Praia (até 21h). Quem não tem cadastro na policlínica, deve levar documento de identidade com foto e comprovante de residência.

Casos Graves

Nos casos de sintomas graves, o paciente deve ir ao serviço médico de urgência nas unidades de pronto atendimento (UPA Central, UPA ZNO e PS Zona Leste). Estas unidades funcionam todos os dias (24 horas).

LEIA TAMBÉM: