Chegou, chegando | Boqnews
Foto: Divulgação Moro nega novo pedido a Lula sobre triplex

Opiniões

12 DE NOVEMBRO DE 2021

Chegou, chegando

Por: Jairo Sergio de Abreu

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A filiação do ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, ao Podemos balançou os meios políticos em Brasília. Ciro Gomes chegou a chamá-lo de ‘analfabeto’. O presidente Jair Bolsonaro disse que o ex-juiz ‘não aprendeu nada’ em sua passagem pela pasta. Quando as críticas surgem, sinal de que a filiação incomodou.

Lógica I

As reações críticas têm lógica. Afinal, Moro ocupará o espaço da chamada terceira via, que já está congestionada com outros nomes, como João Doria/Eduardo Leite, Luiz Henrique Mandetta, além do próprio Ciro, entre outros. Portanto, a chegada de Moro tirará votos destes eventuais candidatos.

Lógica II

Não bastasse, Moro também tende a ganhar espaço entre ex-eleitores do presidente Bolsonaro, eleito com o discurso de combate à corrupção. O tempo dirá, porém, se será suficiente para ultrapassá-lo e assim chegar ao segundo turno que, conforme as pesquisas, tende a ter o ex-presidente Lula (PT) como uma das vagas ocupadas. Se conseguir ir para o segundo turno, Moro ganhará o apoio de boa parte dos eleitores antipetistas, inclusive os bolsonaristas. A conferir.

Transparência? I

Enquanto isso, o prefeito vicentino, Kayo Amado, fez questão de colocar nas redes sociais que estava indo a Brasília a trabalho. Porém, foi visto na solenidade de filiação de Sergio Moro.

Transparência? II

Indagado por um internauta, a assessoria do prefeito disse que “os trabalhos de gestão pública necessitam de momentos de construção conjunta com o partido e os deputados em Brasília para estreitar as relações e trazer mais recursos para São Vicente”.

Quem pagou a conta?

Não era melhor, portanto, ter dito a verdade? Como se tratou de evento político-partidário, as despesas com a viagem foram pagas com recursos públicos ou do próprio prefeito?

Polêmica

Enquanto isso, o humorista Léo Lins enfrenta censura clara para a realização de um show na cidade de Guarujá, neste domingo (14). Após divulgação de vídeo nas redes sociais, o espetáculo já foi vetado tanto no teatro municipal, como em clubes da cidade. Um desgaste desnecessário ao prefeito Valter Suman (PSDB), que passou a semana envolvido com depoimentos na Câmara em razão da sua prisão temporária pela Polícia Federal em setembro passado.

Minha casa, minha vida

O deputado estadual Kenny Mendes (PP) talvez planeje sair candidato a uma cadeira parlamentar no Canadá, diante de tantas idas e vindas que têm feito a sua terra natal e postadas nas redes sociais, inclusive em dias com sessões na Assembleia Legislativa. A última foi postada em frente ao estádio olímpico de Montreal onde ele oferece a Kenny Week, em alusão à Black Week, com curso gratuito de inglês.

Pai novamente

O vereador Fabrício Cardoso (Podemos) tem um motivo especial para se ausentar na próxima semana das sessões da Câmara. Afinal, nascerá Rafaela, terceira filha do edil. O suplente Rafael Pasquarelli o substituirá.

Modelo

Santos será a primeira cidade do País – e do mundo – que vai incorporar a cultura da preservação dos oceanos nas escolas da rede municipal.

Quem Responde?

Quando…
as agências bancárias voltarão a funcionar em horário normal, com encerramento às 16 horas?

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.