Horóscopo
Bel Quintal

Previsão dos signos

Confira a previsão dos signos com a astróloga Bel Quintal

21 de setembro de 2018 - 13:02

Compartilhe

Áries: Sim, você é capaz de tudo! Olha cada dificuldade que passou com gratidão, elas foram a lapidação necessária para o dia de hoje, para estar e chegar onde está hoje.

Touro: Mais alegria e dinamismo na sua semana. Saia do comodismo da sua casa, encontre com amigos e os possíveis encontros românticos que não podem faltar.

Gêmeos: Tire seus sonhos da sua imaginação e comece a trabalha-los para serem realidade e uma realidade para o agora. Seus objetivos são urgentes.

Câncer: Você pode ter alguns problemas durante essa semana que exigirão sua atenção e paciência. Certifique-se antes de tomar uma atitude para não se arrepender depois.

Leão: Entenda e respeite seus limites. Nem sempre tudo vai acontecer como planeja. O mundo tem o tempo sábio de deixar tudo acontecer, saiba esperar.

Virgem: Use essa semana para organizar e limpar o ambiente que mora. Isso vai auxiliar você a ter mais praticidade no dia a dia e mais organização que tanto precisa.

Libra: Tire essa semana para descansar. Recolher-se um pouco fará muito bem para si. Aproveite e atribua filmes, documentários, livros que auxiliarão nesse processo.

Escorpião: Aproveite essa semana para finalizar todos os assuntos pendentes que precisam da sua decisão, dessa forma você se sentirá mais leve sem ter que empurrar afazeres com a barriga.

Sagitário: Em vez de correr por que não esperas?! Nem sempre aquilo que tanto anseias é o que realmente nasceu para ser teu. Outras coisas melhores podem surgir das quais nem imaginou.

Capricórnio: Relacionamentos possuem seus altos e baixos, mas você precisa estabelecer qual a linha de equilíbrio que eles precisam ter para serem saudáveis na sua vida.

Aquário: Comece a semana se permitindo conhecer pessoas novas, mundos novos. Há uma infinita possibilidade para algo dar certo. É só você permitir.

Peixes: Nem sempre tudo está em sua mão. Conflitos podem surgir, mas querer suprir o papel de redentor não vai facilitar em nada quem ainda precisa bater a cabeça na parede para aprender a evoluir.