Feminino

Brasil bate Argentina e se garante no Pré-Olímpico Mundial de Basquete

Torneio será última chance de classificação para Tóquio 2020

18 de novembro de 2019 - 11:53

Claudia Soares Rodrigues

Agência Brasil

Compartilhe

A seleção feminina de basquete do Brasil assegurou presença no Pré-Olímpico Mundial de Basquete ao vencer neste domingo a Argentina, por 77 a 55, no último jogo do Pré-Olímpico das Américas, realizado na cidade de Bahia Blanca (Argentina).

A equipe comandada pelo técnico José Neto perdeu apenas na estreia para as norte-americanas; depois passou fácil pela Colômbia e ontem (17) sacramentou a classificação diante das hermanas.

O Pré-Olímpico Mundial, última seletiva para Tóquio 2020, vai reunir as 16 melhores seleções do mundo a partir de 6 de fevereiro.

Serão dez vagas em disputa. Embora já garantidas nos Jogos Olímpicos, as seleções dos Estados Unidos (atuais campeãs mundiais) e do Japão (país-sede) também participarão da seletiva, por determinação da Federação Internacional de Basquete (FIBA).

O sorteio das chaves será no próximo dia 28 de novembro.

Sob comando do técnico José Neto desde maio deste ano, não demorou para a seleção brasileira ver os resultados em quadra.

Em agosto a equipe conquistou o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru), após um jejum de 28 anos.

No mês seguinte, veio o bronze na Copa América, em Porto Rico, que assegurou o Brasil no Pré-Olímpico das Américas.

Jogo

Apesar da torcida a favor das anfitriãs, o Brasil largou com vantagem de 7 a 0 no primeiro quarto.

A Argentina se equilibrou em quadra, e chegou a virar o placar para 17 a 14.

Mas antes do fim a pivô Damiris Damiris acertou uma cesta de três.

Assim, garantindo o empate no fim dos primeiros dez minutos.

No segundo quatro, a superioridade do Brasil ficou mais evidente.

Apenas a pivô Clarissa Santos cravou quatro bolas de três, e a equipe foi para o intervalo na frente do marcador: 46 a 37.

No terceiro quarto, as brasileiras mantiveram o domínio do jogo: 60 a 41.

Depois ficou ainda mais fácil para a seleção administrar o placar no quarto e último set.

Fechando com larga vitória de 77 a 55.

Aniversariante do dia, Damiris foi o principal destaque do jogo, com 26 pontos e 13 rebotes.

Seguida da ala-armadora Tainá Paixão com 16 pontos, três rebotes e quatro assistências.

LEIA TAMBÉM: