Competição

Brasileiro é vice na etapa francesa do circuito mundial de surfe

O brasileiro perdeu para o francês Jeremy Flores, nas águas de Côte d’Argent

12 de outubro de 2019 - 11:21

Vitor Abdala

Agência Brasil

Compartilhe

O surfista brasileiro Ítalo Ferreira conquistou hoje (11) o vice-campeonato da etapa francesa, a nona das 11 que integram o circuito mundial de surfe.

O brasileiro perdeu para o francês Jeremy Flores, nas águas de Côte d’Argent.

Apesar da derrota na final, Ítalo subiu da quinta para quarta posição no ranking mundial, com 42.400 pontos.

ranking continua sendo liderado por dois brasileiros: o bicampeão mundial Gabriel Medina, que foi eliminado nas oitavas-de-final na França e soma 48.015 pontos, e Filipe Toledo, que caiu na terceira fase desta etapa e soma 45.730 pontos.

Ítalo está atrás também do sul-africano Jordy Smith, que tem 43.515 pontos, e à frente do norte-americano Kolohe Andino, que tem 41.250 pontos.

Além da busca pelo título mundial, os três brasileiros disputam duas vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Isso porque o circuito mundial masculino levará os dez primeiros colocados para a olimpíada, mas cada país só poderá ser representado por, no máximo, dois atletas.

Feminino

No feminino, a brasileira Tatiana Weston-Webb foi eliminada nas quartas-de-final da etapa, mas manteve-se na oitava colocação no ranking mundial, com 34.610 pontos.

A nona colocada, a francesa Johanne Defay, no entanto, chegou até as semifinais e diminuiu a diferença para a brasileira.

Johanne tem 33.815 pontos.

Tatiana manteve-se na zona de classificação para os Jogos Olímpicos, já que o circuito mundial feminino garante vaga nas olimpíadas para as oito primeiras colocadas.

A outra brasileira no circuito, Silvana Lima, está na 12ª colocação, com 22.020 pontos, portanto a 12.590 pontos da zona de classificação.

Faltam mais duas etapas para terminar os circuitos masculino e feminino.

A próxima etapa acontece em Peniche, Portugal, entre os dias 16 e 28 de outubro, tanto para homens quanto para mulheres.

A última etapa dos circuitos será no Havaí, mas em locais e datas diferentes para homens e mulheres.

O mundial feminino será definido em Honolua Bay, na ilha de Maui, entre 25 de novembro e 6 de dezembro.

O circuito masculino se encerra com o Billabong Pipe Masters, em Pipeline, na ilha de Oahu, entre os dias 8 e 20 de dezembro.

LEIA TAMBÉM: