Esportes

Com novos reforços, Santos busca recuperação na temporada

Diretoria do clube tenta acertar mais contratações

05 de junho de 2021 - 12:00

João Pedro Bezerra

Compartilhe

A temporada do Santos está deixando o torcedor com dor de cabeça. Afinal, o time quase foi rebaixado no Campeonato Paulista e acabou sendo eliminado na fase de grupos da Copa Libertadores. A derrota por 3 x 0 contra o Bahia na estreia do Brasileirão ligou o sinal de alerta para a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz. Uma das maiores preocupações é a falta de peças no elenco.

Com o calendário apertado diante dos impactos da pandemia, ter boas peças de reposição no banco de reservas é fundamental para objetivos mais ambiciosos na competição.

Vale destacar que é preciso ficar de olho no retrovisor, pois nos últimos anos muitos clubes grandes tem ficado na parte debaixo da tabela. Para se ter uma ideia, cinco campeões brasileiros estão na Série B: Botafogo, Cruzeiro, Coritiba, Guarani e Vasco.

Contratações

Sabendo das dificuldades, a diretoria do Peixe já começa a reforçar o elenco. Os primeiros reforços para a temporada só chegaram na semana passada. O motivo para tal fato é que o clube estava impedido de contratar jogadores por conta de punições da FIFA, porém a dívida acabou com a transferência de Soteldo para o Toronto. Dessa forma, o Huachapito, clube que o Santos estava devendo, retirou a ação na entidade máxima do futebol.

As possíveis ações do Krasnodar por conta do Cueva e do Barcelona em relação ao Gabigol preocupam a torcida santista, porém a diretoria tem afirmado que mantém bom diálogo tanto com o clube russo, como o espanhol. Apesar do fim da punição, os dirigentes demoraram para contratar os atletas, já que os reforços precisavam do aval do técnico Fernando Diniz, que só chegou em maio.

Na semana passada, diretoria anunciou Moraes (à esq.) e Marcos Guilherme (centro); nesta semana foi a vez de Danilo Boza/ Foto: Divulgação/SFC

Perfil

Diante da crise financeira que o clube passa, dificilmente a diretoria fará um grande investimento para trazer um atleta. A fórmula é apostar em reforços pontuais para agregar valor, tanto que o clube busca empréstimos de jogadores. A primeira contratação do Santos para a temporada foi o lateral esquerdo Moraes que fez um bom Campeonato Paulista pelo Mirassol. Ele chega numa posição de carência no Peixe, pois Felipe Jonathan era o único jogador que exercia esta função de origem. No mesmo dia, o Alvinegro anunciou a chegada do versátil Marcos Guilherme, que veio do Internacional por empréstimo, e atua no ataque e no meio-campo. Inclusive ele entrou no segundo tempo contra o Bahia em Salvador. Nesta semana, foi a vez do zagueiro Danilo Boza.

Porém, os reforços não devem parar por aí. O meio campista da Ferroviária, Vinícius Zanocelo foi anunciado ontem (4) no Peixe.

É importante frisar que o Santos conta com um novo diretor-executivo do futebol. André Mazzuco foi apresentado na última quarta-feira (2), que destacou que um dos objetivos em curto prazo é resolver a questão das renovações de jogadores.

Uma das renovações mais esperadas pela torcida do Santos é do uruguaio Carlos Sánchez, inclusive uma campanha foi lançada nas redes sociais pela permanência do jogador. Outro atleta que passa por situação parecida, porém mais complexa, é o atacante Kaio Jorge. A preocupação da diretoria é ele não renovar com o Santos e assinar um pré-contrato na próxima janela de transferência.

Ganso vem?

A vinda de Paulo Henrique Ganso para o Peixe divide a opinião dos torcedores. A diretoria busca um empréstimo do atleta que está no banco de reservas do Fluminense. Após a negociação dar uma esfriada, a possibilidade de Ganso vestir a camisa do Santos aumentou nos últimos dias, principalmente pois ele pode ser uma peça chave no esquema de Fernando Diniz.

LEIA TAMBÉM: