Dois pugilistas da Baixada comemoram vitórias no Boxe | Boqnews
Foto: Edu Rocha/Cruel Fight

Boxe

09 DE SETEMBRO DE 2019

Dois pugilistas da Baixada comemoram vitórias no Boxe

Alan Nascimento Villar, da Praia Grande, e Bruno Tavares, o “Beirute”, do Guarujá, lutaram na segunda edição do evento, realizado na noite deste sábado (7) na quadra dos Gaviões da Fiel

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A Baixada Santista conquistou duas vitórias no Batalha Boxe Profissional, evento realizado na noite deste sábado (7), na capital paulista.

Alan Nascimento Villar, da Praia Grande, e Bruno Tavares Santos, o “Beirute”, do Guarujá, comemoraram muito na quadra dos Gaviões da Fiel.

Alan, 39 anos, disputou a quarta luta do card preliminar profissional.

Ele derrotou o paulistano Guilherme Castagnazzi Ribeiro por nocaute técnico.

O nocaute ocorreu aos 2min04seg do segundo round, pela categoria Super Meio Médio.

Já “Beirute”, 31 anos, logo depois, no sexto combate, venceu Luis Carlos Castro, o “Luisão”, do Mato Grosso, por nocaute, aos 2min11seg do terceiro round, no Cruzador.

A noite de boxe do Batalha foi destaque com dez nocautes, combates equilibrados, pugilistas experientes.

E também, novos nomes do esporte mostrando muito potencial, sem falar no entusiasmo do público.

Participaram atletas de 10 estados – Alagoas; Bahia; Espírito Santo; Maranhão; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; Pará; Rio Grande do Norte; São Paulo e Sergipe.

A programação teve uma luta amadora (3 rounds); oito do card preliminar profissional (4 rounds); quatro do card principal profissional (6 rounds); e duas Super Lutas (6 e 8 rounds).

Homenagem a Éder Jofre

O evento contou com a presença do bicampeão mundial, Éder Jofre, que acompanhou os combates e subiu ao ringue para ser homenageado pelos Gaviões da Fiel, com um troféu.

“Muito obrigado a todos vocês”, agradeceu Éder.

Esta foi a segunda edição do Batalha Boxe Profissional, em uma parceria entre a promotora Cruel Fight, o Batalha MMA – que tem como responsável o promotor Ivan Albuquerque – e o Departamento de Esportes da Gaviões da Fiel, com supervisão do Conselho Nacional de Boxe (CNB). No espaço, ao longo do programa, teve também, música, iluminação especial e telão, como já se tornou atração nos eventos da Cruel Fight.

O DJ Gavião comandou o som e a noite foi encerrada com uma roda de samba.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.