Esportes

Santos FC vive crise financeira sem fim

Clube está impedido de fazer contratações e coleciona dívidas

17 de setembro de 2020 - 17:50

Da Redação

Compartilhe

Repleto de dívidas, o Santos FC foi novamente punido pela FIFA, assim o Alvinegro Praiano está proibido de contratar e registrar jogadores nas próximas três janelas de transferências. A punição feita pela entidade máxima do futebol foi imposta por conta de passivos que o clube tem com o Huachipato-CHI, no qual cobra R$ 18 milhões referentes a contração do venezuelano Soteldo.

Vale destacar que o Peixe já estava sendo impedido de fazer contratações, por dívidas com o Hamburgo-ALE pelo não pagamento do zagueiro Cléber, os juros e as pendências já chegam a R$ 30 milhões. Para derrubar a punição, a diretoria do Santos deve realizar o pagamento, tarefa difícil, pois as receitas do clube estão comprometidas. Um dos maiores medos da torcida santista é que o clube perca pontos, como o Cruzeiro que enfrenta dificuldades na Série B do Brasileirão.

A crise financeira e também política, visto que a gestão do presidente José Carlos Peres coleciona polêmicas e brigas nos bastidores é refletida em campo, hoje a equipe conta com um elenco limitado e o técnico Cuca precisa escalar os garotos da base na busca de voos mais altos. Para a sorte do treinador, alguns jogadores tem dado conta do recado, como o atacante Marinho, destaque do Campeonato Brasileiro e também o goleiro João Paulo que vem realizando grandes atuações, passando segurança para o grupo.

Apesar dos problemas, o Santos briga para entrar no G-6 na competição nacional, o Peixe enfrenta o Botafogo neste domingo (20) às 18:15 no estádio Nilton Santos.

LEIA TAMBÉM: