ETC
Gastronomia

Saiba qual é o vinagre ideal para cada alimento

O vinagre de arroz, por exemplo, é indispensável na cozinha asiática; o de maçã é um dos mais saudáveis

02 de fevereiro de 2016 - 09:27

Da Redação

Compartilhe

VINAGREDe vinho tinto, vinho branco, de maçã, balsâmico ou de álcool, o vinagre da salada de cada dia ganha novas variedades, e com elas mil possibilidades de uso. Porém, cada tipo de vinagre tem suas peculiaridades e traz características e notas da matéria-prima de origem, que ajudam a valorizar as mais variadas receitas, inclusive os pratos quentes, molhos e sobremesas.

O vinagre de arroz, de sabor neutro, é indispensável na cozinha asiática, por exemplo. Já o vinagre de vinho branco, de sabor suave, é ideal para escabeches. Enquanto os vinagres de vinho tinto e de álcool, com menor acidez, são melhores para amaciar a carne, sem deixá-la ressecada. E o balsâmico pode ser usado tanto nas saladas e nos antepastos como também em pratos quentes.

Conheça as características de cada vinagre e indicações de uso:

Vinagre balsâmico
Produzido a partir do envelhecimento lento do vinagre de vinho tinto e extratos vegetais de madeira, o aceto balsâmico é um tipo de vinagre com consistência mais encorpada, de sabor agridoce e aroma amadeirado. Versátil, o balsâmico proporciona um sabor sofisticado às saladas, entradas e antepastos, e pode ser reduzido no fogo até caramelizar e se transformar em molho para carnes e legumes grelhados ou ainda em caldas de sobremesa.

Vinagre de maçã
Trata-se de um dos vinagres mais saudáveis por preservar as propriedades nutricionais da fruta. O vinagre de maçã se destaca pelo seu sabor suave e aroma frutado, portanto é ideal para temperar saladas, vinagretes, molhos diversos, e ainda no preparo de conservas e sucos detox.

Vinagre de vinho tinto
Trata-se de vinagre de aroma frutado e sabor suave, indicado para saladas, pratos frios, molhos tipo vinagrete, gaspacho, marinar carnes, entre outros.

Vinagre de vinho branco
Vinagre de aroma mais suave é indicado para saladas, deixar escabeches mais tenros, para temperar recheio de sanduíches, picles, conservas, molhos condimentados (como catchup, mostarda, barbecue), molho holandês, marinar aves, preparar ovos pochê, entre outros.

Vinagre de arroz
É um dos principais temperos da culinária japonesa e asiática. De sabor neutro e levemente adocicado, o vinagre de arroz não pode faltar no preparo de sushis, conservas e entradas orientais, molhos agridoces de rolinho primavera e robatas (espetinhos), entre outros.

Vinagre de álcool
Produzido a partir da fermentação do sumo de cana-de-açúcar, o vinagre de álcool pode ser encontrado nas versões colorida, clara e saborizadas com adição de sucos de frutas ou óleos essenciais, como limão, hortelã, alho e ervas finas. Por ter sabor neutro e acidez menor é indicado para o preparo de conservas, saladas, tempero de carnes, peixes e aves.

LEIA TAMBÉM: