Grupo Especial das escolas de samba terá dois rebaixamentos e apenas um acesso | Boqnews
Passarela do samba volta a abrigar desfiles carnavalescos. Foto: Susan Hortas/Divulgação PMS

Carnaval 2023

11 DE JANEIRO DE 2023

Grupo Especial das escolas de samba terá dois rebaixamentos e apenas um acesso

Dessa forma, no próximo ano, serão oito agremiações desfilando no Grupo Especial e oito no Grupo de Acesso

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Após dois anos sem desfiles em razão da pandemia do Covid-19, o Carnaval santista estará de volta às ruas.

Dessa maneira, o Diário Oficial de Santos desta terça (10) publicou o regulamento dos desfiles oficiais das escolas de samba de Santos – Carnaval 2023.

Assim, ao todo, 9 agremiações do grupo Especial desfilarão entre os dias 10 e 11 de fevereiro – uma semana antes do Carnaval oficial, como já ocorria nos últimos anos antes da pandemia.

Por sua vez, no grupo de Acesso, serão 7 escolas participantes, totalizando 16 escolas de ambos os grupos.

Por sua vez, tanto o grupo 1 como o de Acesso foram unificados.

Assim, eles existiam até 2020, último ano do desfile.

Dessa forma, na ocasião, a vencedora foi a Unidos dos Morros no grupo especial e duas subiram: a Sangue Jovem – campeã – e a Brasil, vice.

Dessa maneira, o Carnaval santista de volta à passarela do samba. Foto: Isabela Carrari-Arquivo

Mudança

Assim, haverá mudança para o Carnaval 2024, pois apenas uma escola do grupo de Acesso do Carnaval deste ano subirá.

Por sua vez, enquanto que as duas últimas colocadas do grupo Especial no Carnaval de 2023 cairão para os desfiles de 2024.

Dessa forma, no próximo ano, serão oito agremiações desfilando no Grupo Especial e oito no Grupo de Acesso.

Ou seja, se no grupo de Acesso todas as escolas participantes atingirem pontuação igual ou superior a 170 pontos neste ano.

Assim, cada escola terá entre 40 a 55 minutos para desfilar na passarela do Samba Dráusio da Cruz, na Zona Noroeste.

Já no grupo Especial, deverão desfilar um mínimo de 700 componentes em cada escola, sendo que a Comissão de Frente contará entre 8 a 15 componentes.

Por sua vez, a Ala das Baianas terá número mínimo de 20 e a bateria, a partir de 80 integrantes.

Já o grupo de Acesso deverá ter a partir de 350 componentes, sendo  a Comissão de Frente entre 8 a 12 integrantes; a Ala das Baianas a partir de 13 e a bateria,  40.

Prazos

Assim, as escolas têm até 6 de fevereiro, às 12 horas, para apresentar toda a documentação necessária para participar do evento.

Dessa maneira, entre as informações prestadas devem constar a letra de samba de enredo próprio, desenho ou foto do pavilhão da escola de samba, responsáveis pelos setores da escola, entre outros documentos.

Antes, porém, no dia 3, todos os documentos referentes aos carros alegóricos deverão ser apresentados, incluindo os detalhes de responsabilidade técnica do projeto do carro alegórico.

Apenas veículos com até 4,5 metros de altura e 5 metros de largura terão autorização da CET Santos para fazer o comboio.

Portanto, não serão permitidos uso de fogos de artifício no translado de ida e volta das alegorias, nem na concentração (montagem) e pós-dispersão (desmontagem).

Comissão julgadora

Dessa forma, a comissão julgadora será integrada por 27 membros.

Ou seja, serão 3 julgadores por quesito, indicados pela Liga Independente e Cultura das Escolas de Samba de Santos.

Assim, a entidade ficará responsável pela remuneração da comissão julgadora, acompanhamento, fiscalização, recolhimento e guarda das notas.

E ainda: apontamentos de penalidades durante a apresentação das escolas, além de transporte, alimentação e acomodação dos julgadores.

Assim, ao todo, 9 quesitos serão julgados:

  • bateria
  • harmonia
  • evolução
  • enredo
  • samba de enredo
  • fantasias
  • alegorias e adereços
  • mestre-sala e porta-bandeira
  • comissão de frente

Assim, a apuração das notas ocorrerá no dia 14 de fevereiro, a partir das 12 horas.

Por sua vez, apesar de não informado o local, a ser definido pela Liga das Escolas de Samba, o evento costuma ocorrer no Teatro Municipal Braz Cubas, no Centro de Cultura Patrícia Galvão.

Assim, além dos valores pagos às escolas pela Prefeitura, a premiação será de R$ 26.620,00 para a escola campeão e R$ 13.200,00 para a vice, conforme edital, além de troféus.

Dessa forma, a vencedora do grupo de acesso ganhará trófeu.

Escolas que desfilarão

Grupo de Acesso 

  • Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Vila Mathias
  • Gr. Recreativo Cultural Academia de Samba Unidos da Zona Noroeste
  • Grêmio Recreativo Cultural escola de Samba Imperatriz Alvinegra (Camisa Alvinegra)
  • Gr. Recreativo e Cultural Escola de Samba Mocidade Independente Padre Paulo
  • Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Acadêmicos Bandeirantes do Saboó
  • Gr. Recreativo Cultural Escola de Samba Império da Vila (GRCES Vila Nova)
  • Centro Cultural Escola de Samba Dragões do Castelo (CCES Metropolitana)

Grupo Especial

  • Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Unidos dos Morros (atual campeã)
  • Gr. Recreativo Cultural Escola de Samba União Imperial
  • Gr. Recreativo e Cultural escola de Samba X-9
  • Grêmio Recreativo e Cultural escola de Samba Mãos Entrelaçadas
  • Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Amazonense
  • Associação Recreativa e Cultural Real Mocidade Santista
  • Grêmio Recreativo e Cultural e Social Escola de Samba Mocidade Independência
  • Gr. Recreativo Cultural Torcida Escola de Samba Sangue Jovem
  • Gr. Recreativo e Cultura Escola de Samba Brasil

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.