Universo das cervejas artesanais ganha cada vez mais adeptos | Boqnews
Rom Santa Rosa

Consumo

06 DE SETEMBRO DE 2017

Universo das cervejas artesanais ganha cada vez mais adeptos

Enquanto as cervejarias industriais registram queda no volume de vendas, o segmento das bebidas artesanais caminha no sentido oposto. Em Santos e região, estabelecimentos do gênero se destacam

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Seja para refrescar-se nos dias quentes ou relaxar no happy hour, a cerveja é sempre uma boa pedida. A paixão do brasileiro pela famosa ‘gelada’ é tão inegável que o consumo ultrapassa a 14 bilhões de litros por ano e o faturamento anual chega a R$ 70 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria da Cerveja.

Localizado na praia do Canal 4, em Santos, Quiosque Burgman fica aberto 24 horas. Foto: Divulgação

Mas além das marcas tradicionais que comumente são vendidas em mercados e bares, o universo das cervejas artesanais tem conquistado os paladares mais exigentes e aumentado o interesse de investimentos no segmento.

Dados apontam que o mercado de cervejas mainstream (de grande produção) está em queda, enquanto o artesanal é crescente.

Mercado santista

Em Santos, percebem-se que estabelecimentos especializados na comercialização destes produtos têm conquistado ainda mais espaço, como é o caso do Quiosque Burgman, que completa um ano neste mês e já ocupa dois quiosques na praia do Canal 4, em Santos.

Segundo o responsável pelo espaço, Gustavo Fabri, são vendidos cerca de 15 mil litros por mês e “felizmente, desde a abertura, este número nunca diminuiu”.

“A cultura da cerveja artesanal começou há uns 15 anos e nos últimos três percebo que ‘explodiu’ em Santos. Os quiosques funcionam 24 horas e recebem pessoas de todas as idades”, afirma Gustavo, que além da administrar o Quiosque Burgman mantém há cinco anos sociedade com Thiago Ferreira no Chopp Cerva, distribuidora oficial do Chopp Burgman.

“Somos a primeira distribuidora artesanal da Baixada Santista e começaremos a exportar a bebida para San Diego, na Califórnia”.

Ainda neste mês, eles inaugurarão o Empório Chopp Cerva, que funcionará como um pub e também comercializará chopp à pronta entrega.

Em expansão

Outra cervejaria em expansão na cidade é o Mucha Breja, na Ponta da Praia, que abriu em 2015 e tem uma franquia no Embaré, a Mucha Breja Pocket.

“Vamos inaugurar no começo de outubro uma franquia em Curitiba, referência em cerveja artesanal”, revela Rafael Konda, sócio do estabelecimento, ao lado de Leandro Besada e Renato Melo.

“Santos ainda não tem um público de cerveja artesanal que sustente um comércio […] A gente começou a ter um sucesso relativo quando paramos de vender cerveja para vender entretenimento, a partir de datas aquecidas no comércio”.

O último lançamento, Evermass, teve toda a produção vendida antes do envase. Foto: Rom Mora

No local, são encontradas diversas marcas, inclusive a Cervejaria EverBrew, de Santos, que lançou recentemente o sucesso Evermass produzida por Renê dos Santos e Celio Ongaro.

“Hoje são seis rótulos em produção, todos dos estilos IPA. A cervejaria está avaliada como a quarta melhor do Brasil pelo Untappd, aplicativo mais reconhecido nacionalmente”, ressalta Renê.

Atualmente a produção é feita na modalidade chamada de “ciganos”, no qual a infraestrutura de micro cervejarias é alugada e a produção ocorre.

“A maioria de cervejas artesanais operam nesta modalidade…é uma forma de conhecer o mercado, estabelecer a marca, posicionar o produto, antes de investir numa fábrica no qual o investimento é bastante elevado”.

Criada em 2009, a Conscerva é uma Confraria na Baixada Santista de apaixonados por cervejas artesanais.

A ideia surgiu entre Edwar Fonseca e Gilberto Oliveira, após ambos terem participado de um curso de cerveja.

O principal objetivo sempre foi fomentar a cerveja artesanal, sua produção e consumo de forma consciente, além de juntar amigos e amantes da mesma paixão.

Happy hour

Nas noites de quinta-feira, o grupo realiza um happy hour aberto ao público, chamado Quinta-SIM na Mestre-Cervejeiro, localizada à Rua Azevedo Sodré, 22, no Boqueirão.

“De cooperados e confraternos, em média, temos em nossos happy hours uns 10 a 15 cervejeiros que levam suas produções caseiras para trocar impressões com os presentes, avaliarmos, degustarmos e palpitarmos”, conta Edwar.

No site da Conscerva há calendários com diversos cursos.

O próximo será de Produção Artesanal no dia 17.

Inscrições pelo e-mail [email protected]

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.