Banco do Brasil oferece crédito para revendedoras de veículos usados | Boqnews

Nacional

26 DE FEVEREIRO DE 2009

Banco do Brasil oferece crédito para revendedoras de veículos usados

O Banco do Brasil reabriu hoje (26) a linha de crédito FAT Giro Setorial. A linha de crédito foi criada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) para suprir as necessidades de capital de giro. Segundo o banco, a linha será direcionada exclusivamente às empresas de micro, pequeno e médio portes do […]

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

O Banco do Brasil reabriu hoje (26) a linha de crédito FAT Giro Setorial. A linha de crédito foi criada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) para suprir as necessidades de capital de giro. Segundo o banco, a linha será direcionada exclusivamente às empresas de micro, pequeno e médio portes do comércio varjista de veículos usados (automóveis, camionetes e utilitários).


Os recursos são oriundos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Os empréstimos são corrigidos pela  Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), acrescida de 11,206% ao ano, o que corresponde a uma taxa efetiva de 1,4% ao mês. O prazo de pagamento pode chegar a até 24 meses, incluída carência de até cinco meses. As revendas poderão contratar operações de valor até R$ 200 mil, observando o prazo limite de 30 de dezembro de 2009.


Segundo o banco, por determinação do Codefat,  as empresas  que tomarem o empréstimo deverão firmar em contrato a manutenção dos empregos existentes à época da contratação da linha ou gerados durante a vigência do contrato, sob pena de vencimento antecipado da operação. Além disso, as empresas deverão apresentar certidões de regularidade  nos órgãos públicos.


A expectativa do Banco do Brasil é de que possam ser atendidas cerca de 3,5 mil revendas com faturamento bruto anual de até R$ 60 milhões.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.