Paraná Pesquisas

31 DE JULHO DE 2018

Sem Lula, Bolsonaro lidera com quase 1/4 do eleitorado, revela pesquisa

Bolsonaro confirma liderança faltando pouco menos de um mês para o início do horário eleitoral, na hipótese de Lula não concorrer

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Candidato do PSL se mantém firme na liderança, caso Lula não concorra. Foto: Divulgação

Faltando menos de um mês para o início do horário eleitoral gratuito e pouco mais de dois meses das eleições, pesquisa divulgada hoje pela Instituto Paraná Pesquisas para presidente confirma a liderança de Jair Bolsonaro (PSL) na corrida eleitoral, na hipótese do ex-presidente Lula (PT) não concorrer em razão da sua prisão em Curitiba.

A pesquisa foi realizada com 2.240 eleitores, sendo estratificada segundo sexo, faixa etária, escolaridade, nível econômico e posição geográfica.

No primeiro cenário, com a ausência de Lula, 24,7% dos eleitores disseram que não votarão em nenhum dos nomes apresentados, seguido por Bolsonaro, com 23,6%; Marina Silva (Rede), 14,4%; Ciro Gomes (PDT), 10,7%.

E ainda: Geraldo Alckmin (PSDB), 7,8%; Álvaro Dias (Podemos), 5%, Fernando Haddad (PT), 2,8%; Manuela D’Ávila (PCdoB), 1,7%, Henrique Meirelles (MDB), 1,1%;

E também: Guilherme Boulos (PSOL), 1%, João Amoedo (Novo), 1%, Levy Fidelix (PRTB), 0,8%, Paulo Rabello de Castro (PSC), 0,4% e Vera Lúcia (PSTU), 0,4%.

Assim, Bolsonaro tem ampla vantagem entre o público masculino (31,7%) em relação ao feminino (16,3%).

Já Marina Silva tem maior apelo junto às mulheres (17,1% contra 11,3%), assim como Geraldo Alckmin (8,5% a 6,9%).

Ciro Gomes tem relativo equilíbrio (11,2% entre os homens e 10,2% entre as mulheres).

 

Lula permanece na liderança da pesquisa. Resta saber se será ou não candidato

Com Lula

No entanto, em uma eventual presença do presidente Lula na disputa, ele tem 29% das intenções de votos, contra 21,8% de Bolsonaro; seguido por Marina Silva, com 9,2% e Geraldo Alckmin, com 6,2%. Ciro Gomes vem na sequência, com 6%, empatado tecnicamente com eles.

Por sua vez, fica claro que a presença de Lula tira votos de Marina Silva e Ciro Gomes principalmente, mas também de Geraldo Alckmin e até Bolsonaro.

 

Com Jacques Wagner

Caso Lula não concorra pelo PT e o escolhido seja o ex-governador da Bahia, Jacques Wagner, o cenário pouco sofre alterações, mantendo a liderança com Bolsonaro, com 23,5%, seguido por Marina Silva, com 14,3% e Ciro Gomes, com 10,8%, seguido por Geraldo Alckmin, com 7,9% e Álvaro Dias, com 4,9%.

Além disso, o  candidato petista teria pela pesquisa 2,8%, mesmo índice do ex-prefeito paulistano, Fernando Haddad.

Outros 24,3% declararam não votar em alguém neste cenário.

 

Potencial dos candidatos – rejeição

Um dos itens que também chama a atenção é o grau de rejeição.

Todos superam os 50% de rejeição, com exceção de Álvaro Dias (mas 1/4 do eleitorado também não o conhece).

Assim, pela ordem, as rejeições dos candidatos, como base na resposta Não votaria nele (a) de jeito nenhum para Presidente do Brasil são as seguintes:

Lula – 54,1%

Jair Bolsonaro – 54,3%

Marina Silva – 55,2%

Ciro Gomes – 58,9%

Geraldo Alckmin – 63,3%

Alvaro Dias – 46%

Fernando Haddad – 67%

Henrique Meirelles – 62,3%

 

Popularidade do presidente Temer permanece baixa, o que se refletirá nestas eleições aos candidatos que ele apoiar

 

Presidente Temer

Além disso, a pesquisa também buscou saber a atual popularidade do presidente Michel Temer, o explica a baixa popularidade do candidato do governo, o ex-ministro Henrique Meirelles.

Afinal, Temer tem 4,5% de aprovação e 78,1% de rejeição. Outros 16,2% consideram o seu governo como regular.

No total, 87,4% desaprovam o governo Temer, contra 9,1% que o aprovam.

 

Metodologia

Desta forma, a pesquisa foi realizada entre os dias 25 a 30 de julho em 26 estados e Distrito Federal, totalizando 170 municípios brasileiros.

Assim, a margem de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou menos dentro do total das 2.240 entrevistas.

A pesquisa está registrada pela Paraná Pesquisas junto ao TSE sob  o número BR – 00884/2018 para o cargo de presidente.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.