nacional

Estão abertas as inscrições para o III Encontro Internacional contra o Trabalho Infantil na versão on-line

Com um formato inédito, o encontro on-line se constituirá num amplo espaço de discussão sobre trabalho infantil, onde todos os…

28 de julho de 2010 - 11:24

Da Redação

Compartilhe

Com um formato inédito, o encontro on-line se constituirá num amplo espaço de discussão sobre trabalho infantil, onde todos os atores envolvidos poderão trocar informações e experiências, sobretudo no que diz respeito à América Latina


A Fundação Telefônica está com inscrições abertas para a versão on-line do III Encontro Internacional contra o Trabalho Infantil, que acontecerá de forma presencial em novembro, na Colômbia. Pela primeira vez e de maneira inovadora, o evento utilizará as Tecnologias de Informação e Comunicação como elemento articulador, iniciando preliminarmente as discussões através da Internet.


O tema do encontro será “Redes e Inovação para a Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil”. Já no formato on-line, o objetivo será levantar, discutir e disseminar estudos e práticas entre pesquisadores, especialistas renomados e público envolvido no combate ao trabalho infantil na Ibero-américa, para contribuir para o fortalecimento da rede de pessoas e organizações que atuam na área. A Fundação Telefônica aposta que a mobilização é chave fundamental para o desenvolvimento e a sustentabilidade das ações locais, regionais e internacionais contra o trabalho infantil.


“Com um formato inédito, o encontro on-line se constituirá num amplo espaço de discussão sobre trabalho infantil, onde todos os atores envolvidos poderão trocar informações e experiências, sobretudo no que diz respeito à América Latina”, afirma Sérgio Mindlin, diretor-presidente da Fundação Telefônica. “Assim, os dois dias do encontro de presencial ganham expressiva ampliação e contribuição”, complementa o executivo.


O debate, que ocorrerá na web durante os meses de setembro e outubro, convergirá para as apresentações do encontro em Bogotá. A ideia é gerar uma discussão contínua, que enriqueça as sessões plenárias, antes e durante o evento presencial, e também posteriormente, no âmbito da Internet. É esperada a participação de representantes do terceiro setor e de organismos internacionais de 13 países da Ibero-américa, além de responsáveis, nesses países, pela formulação de políticas públicas de combate ao trabalho infantil; professores universitários; pesquisadores e investidores sociais.


O ambiente virtual do encontro contará com diversas atividades programadas, como mesas-redondas com especialistas; vídeos com apresentações de estudos e análises dos diferentes países participantes; chats e fóruns sobre temas específicos; palestras, experiências e sessões de apresentação de trabalhos do público em geral. Além disso, todos os participantes terão acesso a um ambiente de rede social, como Facebook, Twitter, Orkut e Youtube, onde poderão inserir fotos e perfis, além de terem a oportunidade de se comunicar entre si e estabelecer intercâmbio de experiências.


As inscrições estão abertas tanto àqueles que queiram enviar palestras, estudos, pesquisas e trabalhos acadêmicos para apresentação, quanto para os que desejam apenas participar das discussões. Os interessados em participar do encontro virtual têm até 15 de agosto para efetuar a inscrição, que é gratuita, e deve ser feita pelo endereço
http://encuentrotrabajoinfantil.fundacion.telefonica.com


Programa Pró-Menino
A Fundação Telefônica desenvolve ações de combate ao trabalho infantil por toda a América Latina, no âmbito do Programa Pró-Menino. No continente, são beneficiadas mais de 170 mil crianças, número que deverá chegar perto de 200 mil ainda neste ano. No Brasil, a instituição atua na erradicação do trabalho infantil através do apoio a 24 organizações em 17 municípios paulistas, protegendo cerca de 10 mil crianças do risco do trabalho precoce.

LEIA TAMBÉM: