Com 200 colaboradores, Hidrovias do Brasil começa a operar no Porto de Santos | Boqnews
Foto: Divulgação

Negócios

18 DE AGOSTO DE 2022

Com 200 colaboradores, Hidrovias do Brasil começa a operar no Porto de Santos

Com 200 colaboradores, Hidrovias do Brasil começa a operar no Porto de Santos com a atracação do primeiro navio em seu terminal.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A Hidrovias do Brasil, empresa de soluções logísticas integradas, recebeu o primeiro navio de fertilizante, sendo este o primeiro marco da retomada da sua operação no Porto de Santos.

Grande parte das reformas e investimentos previstos no edital de concessão da área STS20 já foram realizados e a estimativa é que até outubro deste ano, as obras estejam finalizadas.

A empresa conta com cerca de 200 colaboradores e ainda existem vagas abertas (acesse detalhes aqui) em áreas administrativas.

A fim de tornar a operação mais eficiente e inovadora, a companhia instalou dois guindastes hidráulicos de cais de última geração, pioneiros no Porto de Santos e que possuem capacidade de movimento em torno de 14 mil toneladas por dia, além de estar na etapa final da construção do novo armazém para ampliação da capacidade de armazenamento de fertilizantes.

Ao todo, a operação possuirá três armazéns com capacidade estática de 190 mil toneladas e um sistema operacional informatizado que acompanha o fluxo operacional e rastreia a carga.

“A retomada gradual da Operação de Santos é um marco para a Hidrovias do Brasil e é o resultado de muito trabalho e empenho de todos. Tivemos desafios no caminho e, mesmo assim, seguimos superando cada um deles para cumprir com o nosso compromisso de entregar um terminal moderno e inovador para a infraestrutura e desenvolvimento do Porto de Santos e de toda a América do Sul”, afirma o Diretor de Operações Santos, Ricardo Cerqueira.

O terminal da Hidrovias do Brasil no Porto de Santos terá capacidade preliminar de 1,5 milhão de toneladas de carga por ano e aumentará gradativamente até 2,75 milhões.

Além disso, os três armazéns terão capacidade estática de 140 mil toneladas para fertilizantes e 50 mil toneladas para sal, possibilitando a expedição de produtos no modal rodoviário de 6,4kt/dia e no ferroviário de 2kt/dia.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.