nacional

PMDB, PT e PSDB saem mais fortes das urnas

O PMDB, PT e PSDB foram os partidos que saíram mais fortes das urnas elegendo, em primeiro turno, quatro governadores…

04 de outubro de 2010 - 12:10

Da Redação

Compartilhe

O PMDB, PT e PSDB foram os partidos que saíram mais fortes das urnas elegendo, em primeiro turno, quatro governadores cada. Os três podem aumentar o número de governadores em 31 de outubro, quando disputarão vários governos em segundo turno.


O PSDB, por exemplo, concorre ao comando dos Executivos de Alagoas, do Pará, de Goiás, do Piauí e de Roraima. O PMDB disputará o segundo turno em Goiás, na Paraíba e em Rondônia. O PT tenta ampliar o número de governadores no Distrito Federal e no Pará.


Na Região Sul, o PT elegeu Tarso Genro no Rio Grande do Sul e o PSDB, Beto Richa para comandar o Executivo do Paraná. Em Santa Catarina, a vitória foi do DEM, com a eleição de Raimundo Colombo.


No Sudeste, onde se concentra o maior colégio eleitoral do país, o PSDB elegeu os governadores de  São Paulo e Minas Gerais – estados onde se concentra o maior número de eleitores -, Geraldo Alckmin e Antônio Anastasia, respectivamente. O PMDB ficou com o terceiro colégio eleitoral do país, ao eleger Sérgio Cabral Filho governador do Rio de Janeiro. O PSB emplacou Renato Casagrande no Espírito Santo.


No Nordeste, o PT elegeu os governadores da Bahia, Jaques Wagner, e de Sergipe, Marcelo Déda. O PSB, por sua vez, reelegeu Eduardo Campos, em Pernambuco, e Cid Gomes, no Ceará. Os socialistas ainda disputarão, em segundo turno, os governos da Paraíba e do Piauí.


Ainda no Nordeste, o Democratas (DEM) elegeu Rosalba Ciarlini no Rio Grande do Norte. Em Alagoas a disputa em 31 de outubro será entre Teotônio Vilela (PSDB) e Ronaldo Lessa (PDT). O PMDB venceu no Maranhão com Roseana Sarney.


No Centro-Oeste, os peemedebistas venceram, em primeiro turno, em Mato Grosso do Sul, com André Puccinelli, e em Mato Grosso, com Silval Barbosa. O partido disputará ainda o governo de Goiás com o PSDB. No Distrito Federal, a disputa em segundo turno será entre os candidatos Agnelo Queiroz (PT) e Weslian Roriz (PSC).


Na Região Norte, os tucanos venceram no Tocantins, com Siqueira Campos. Disputam ainda o segundo turno no Pará e em Roraima. O PMN fez seu único governador ao eleger Omar Aziz no Amazonas. No Amapá, haverá segundo turno entre o PTB e o PSB. Em Roraima, por sua vez, a disputa em 31 de outubro será entre o PP e o PSDB. Outro estado que vai para o segundo turno é Roraima, com o confronto entre o PPS e o PMDB.

LEIA TAMBÉM: