Chance

VLI seleciona trainees pelas histórias de vida

Além das atividades 100% online, participantes receberão “pílulas de conhecimento”, conteúdos sobre o negócio e o jeito de trabalhar VLI

13 de outubro de 2020 - 18:00

Da Redação

Compartilhe

Até a próxima segunda-feira (19), a VLI, companhia de soluções logísticas que integra ferrovias, terminais e portos, recebe inscrições de interessados na seletiva de trainees.

O cadastro pode ser feito pelo jobs.kenoby.com/programatraineevli.

Este ano, estudantes ou graduados de qualquer curso superior podem participar da seleção.

As únicas exigências do processo são mobilidade, inglês intermediário e o período de conclusão do curso entre dezembro de 2018 e dezembro de 2020.

 

 

Incluir novas percepções

Nos últimos anos, a companhia tem se movimentado para promover iniciativas de diversidade e inclusão direcionadas à equidade de gênero e outros públicos como pessoas com deficiência, de diferentes raças e etnias, LGBTI+ e gerações.

Durante a seleção, a empresa fará um webinar apresentando aos participantes como o tema é abordado na empresa.

“Ano a ano vamos reforçando essa demanda. Agora, valorizamos ainda mais as experiências de vida de candidatas (os). O foco do programa é conhecer pessoas que acrescentem novos olhares, que estejam interessadas em inovar e transformar a logística do Brasil conosco”, explica Francielle Pedrosa, gerente de Desenvolvimento Organizacional.

 

Seleção e aprendizado

A VLI terá um processo de reconhecimento entre participantes e empresa será diferente.

Além das atividades 100% online (dinâmicas de grupo, painel com gestores), participantes receberão “pílulas de conhecimento”, conteúdos sobre o negócio e o jeito de trabalhar VLI.

Esses dados serão utilizados ao longo dos desafios em uma jornada interativa. A última etapa reunirá, candidatas (os) e o CEO da organização.

Outro diferencial é o apoio para aqueles que não avançarem ao longo do processo.

Todo participante poderá ver seu desempenho durante as fases, identificar pontos de melhoria e receber orientações.

“É um recurso que reflete nosso posicionamento. Queremos interagir com pessoas e proporcionar uma experiência, um aprendizado para os dois lados. Não apenas dizer ‘você foi reprovada (o)’”, explica a gerente.

LEIA TAMBÉM: