Turismo

Gramado: Tradição natalina

Cidade recebe extensa programação repleta de luzes e atrações

17 de novembro de 2019 - 08:45

Da Redação

Compartilhe

As festas de fim de ano estão se aproximando e na região sul do País o clima natalino já chegou.

Gramado, no Rio Grande do Sul promove até janeiro o Natal Luz de Gramado, com extensa programação dedicada aos que se encantam pela atmosfera das festas temáticas.

Diariamente, atrações acontecem por diferentes pontos da cidade.

Que espera atrair cerca de 2 milhões de visitantes até 12 de janeiro de 2020.

Entre os destaques está o tradicional desfile A Magia do Noel com carros alegóricos, canções e acrobacias.

Já o musical A Lenda do Bosque de Natal apresenta mistérios sobre a festa do Bom Velhinho, e o show do lago Illumination mostra o sentido do Natal.

Essas atrações são pagas e os ingressos podem ser adquiridos no site natalluz.superingresso.com.br.

Gratuitamente, o show de acendimento acontece no centro de Gramado todos os dias, com encenação e posterior iluminação de toda a cidade.

Nos fins de semana, a Avenida Borges de Medeiros é tomada pela Parada de Natal.

Pela cidade, a Trupe de Natal recita poesias, cantarola músicas e provoca reflexão nos ouvintes.

A programação completa do 34º Natal Luz de Gramado pode ser conferida no site natalluzdegramado.com.br.

Passeios

Além dos shows de luzes, o visitante tem à disposição outros roteiros para fazer na charmosa Gramado.

Lojas e fábricas oferecem variados preparos de um dos doces mais populares do mundo: o chocolate.

Ampliando o passeio pela Serra Gaúcha, visitar também Nova Petrópolis e Canela é uma dica para os cervejeiros de plantão.

Lá encontram opções artesanais pelas cidades.

Já os amantes de um bom vinho podem conferir as vinícolas Casa Seganfredo e Ravanello, ambas com acessibilidade.

Para contato com animais, o Gramadozoo oferece imersão em diferentes habitats de variadas espécies e educação ambiental.

Para conhecer mais sobre os costumes da região, o Parque Gaúcho mostra ao visitante a formação e toda a evolução do gaúcho.

O espaço tem um memorial que leva o visitante aos primórdios da vida no Pampa.

Uma arena de doma para apresentação de animais, uma cidade temática que remete ao século XVIII, cabanha e canil para conhecer os cães, cavalos, bois e ovelhas.

Uma novidade é que o visitante pode ter a experiência de ser um auxiliar de cabanheiro.

Tendo contato direto com os animais em diferentes funções.

Além da gastronomia tradicional, o parque oferece passeios a cavalo, pônei e, claro, produtos típicos, como erva-mate cancheada.

LEIA TAMBÉM: