Foto: Beto Iafullo

Canadá

24 DE JULHO DE 2015

Montreal se destaca por conjugar história e modernidade

A cidade canadense da Província de Québec reúne história e modernidade cultuando tradições e diversidade cultural

Por: Humberto Challoub

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Maior cidade da Província de Quebec, Montreal reúne história e modernidade, características evidenciadas no comportamento discreto e educado de sua população, também refletidas nas linhas arquitetônicas de suas edificações. Seja na região histórica próxima ao porto ou em seu arrojado centro comercial e financeiro, as influências da colonização francesa e inglesa estão presentes em cada detalhe, em uma interessante e permanente simbiose entre o passado e o presente.

Com uma população estimada em um milhão e meio de habitantes, a segunda maior do Canadá, Montreal expressa sua característica multicultural reunindo uma grande variedade de etnias, que consolidam presença ao lado dos descendentes dos colonizadores franceses e ingleses, com reflexos direto na música, nas artes e na sua diversificada gastronomia.

Favorecida pela boas condições econômicas, Montreal dispõe de uma excelente infraestrura de lazer e um eficiente sistema de mobilidade urbana, com a integração das linhas de metrô e ônibus, permitindo deslocamentos a baixos custos a todos os bairros da cidade. Assim, chega-se com facilidade a parques como o Jardim Botânico, localizado nas proximidades do Estádio Olímpico, com áreas temáticas que reúnem várias espécies de flores.

O complexo também abriga espaços especiais para a visitação, como o Insectarium, com acervo de insetos de várias partes do mundo, o Biodôme, que reproduz características ambientais de várias regiões do planeta e o Planetarium, onde são encontrados pedaços de meteoritos que se chocaram com a Terra.
A ciência também é destaque em outro ponto muito visitado em Montreal: a Biosfera, dedicado ao meio ambiente localizado no Parc Jean-Drapeau. Inaugurada em 1995, é um conjunto de edifícios fechados em uma esfera de aço que oferece atividades interativas e apresenta exposições sobre as principais questões ambientais, relacionadas com a água, alterações climáticas, ar, ecotecnologias e desenvolvimento sustentável.

Além da oferta de inúmeros museus, Montreal também se notabiliza por reunir catedrais e igrejas imponentes, como a Catedral de Maria Rainha do Mundo e o Oratório de São José do Monte Royal, situado em um dos pontos mais altos da cidade, de onde é possível ter uma visão panorâmica do lugar. Contudo, a Basílica de Notre-Dame situada no distrito de Ville-Marie é a que mais se destaca, inspirada no estilo gótico da catedral hômonima localizada em Paris.

Subsolo
Outra particularidade que faz Montreal ainda mais interessante são as grandes áreas subterraneas climatizadas localizadas junto as estações do metrô. Complexos de lojas, restaurantes e de diversão que permitem aos moradores locais e visitantes a frequência durante os rigorosos períodos de inverno. Da mesma forma, a cidade se destaca pelo valor dedicado às artes e pelo respeito à diversidade de gênero.

Mas é na região do antigo porto, onde Montreal teve origem e se desenvolveu, que é possível desfrutar de uma ampla e generosa área de entretenimento, espaço que recebe regularmente eventos culturais e esportivos, com locais para patinação, ciclismo, caminhadas e ruas que abrigam lojas e bons restaurantes. De lá também é possível embarcar em uma viagem pelo Rio São Lourenço, que circunda Montreal e possibilita uma visão privilegiada da Ponte Jacques Cartier, um dos símbolos da cidade.

 

TUR1058

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.