Saúde

Alimentos saudáveis ajudam a melhorar imunidade

Opção por produtos saudáveis são essenciais durante a pandemia do novo coronavírus

04 de abril de 2020 - 10:30

João Pedro Bezerra

Da Redação

Compartilhe

Ficar em isolamento domiciliar durante a pandemia requer alguns cuidados. A alimentação é um destes exemplos, no qual a quarentena pode ser benéfica ou prejudicial.

O momento totalmente atípico no Brasil e o risco de contaminação em locais aglomerados faz com que parte das pessoas opte por ir ao mercado menos vezes.
E quem estava acostumado a realizar compras diárias, agora já começa a alternar os dias ou sair com menor frequência.

Essa decisão é fundamental no combate ao novo coronavírus. No entanto, a escolha pelos produtos deve seguir os mesmos cuidados da doença.

Pela praticidade, preço, conservação dos produtos é natural que haja uma preferência por parte de alguns em alimentos congelados e industrializados, como salsicha, lasanha, nuggets e hambúrgueres.

O consumo em excesso de alimentos industrializados pode ser prejudicial à saúde causando uma série de problemas cardiovasculares, alérgicos e também diabetes, colocando em risco a própria saúde das pessoas.

Sem contar que o índice de gordura destes produtos só aumenta a possibilidade do indivíduo desenvolver a obesidade, trazendo ainda mais problemas.
Por essas razões, a alimentação equilibrada torna-se imprescindível durante o isolamento domiciliar, pois os exercícios físicos comuns no dia a dia, como ir à academia, andar de bicicleta ou a caminhada pela praia diminuíram ou foram abolidos.

União possível

É importante unir a alimentação equilibrada e a prática de atividades físicas que podem ser realizadas em casa. O estudante universitário Caio Bibiano mudou a rotina de alimentação poucos dias antes da doença chegar ao Brasil.  Ele comia sem restrição e abusava do refrigerante até que resolveu entrar na academia, porém ficou menos de duas semanas. Mas o estabelecimento fechou por conta do coronavírus.

Mas, o estudante segue a dieta balanceada com vitaminas, alimentos integrais e controle dos doces, seguindo orientação de uma nutricionista.  Além disso, Caio faz uma hora diária de atividade física por meio de exercícios disponibilizados pela academia de forma online.  “Antes da pandemia começar, eu era sedentário. No máximo, só caminhava na praia uma vez por semana”.

Imunidade e dicas

A alimentação saudável também ajuda na imunidade contra bactérias e mantém a prevenção para algumas doenças.  Ou seja, frutas, saladas, legumes são alimentos essenciais.

De acordo com a nutricionista Vivian Mansur, manter a imunidade alta é importante para que o organismo consiga combater vírus. Ela ainda listou 13 dicas para manter a imunidade. Confira.

                                                                                                                                      Vivian Mansur

 

 

LEIA TAMBÉM: