Consumo de chás pode trazer inúmeros benefícios ao organismo | Boqnews
Divulgação

Bem estar

27 DE AGOSTO DE 2016

Consumo de chás pode trazer inúmeros benefícios ao organismo

Descubra quais são as ervas que cooperam com o emagrecimento e relaxamento do organismo

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

chá canela

Inverno é tempo de chá. Não existe nada mais gostoso do que chegar em casa depois de um dia frio e preparar uma xícara do sabor predileto. Imediatamente o corpo fica aquecido em uma temperatura agradável. Além desta sensação, cada erva ou flor utilizada para o preparo da bebida possui propriedades capazes de provocar o relaxamento do corpo ou o aceleramento do metabolismo.

“Chás são excelentes fontes de micronutrientes, pois possuem baixas calorias quando não adoçados. E além disso, colaboram com a hidratação corporal”, esclarece a nutricionista Barbara Scarparo. O indicado é consumi-lo sem a adição de açúcar, e quando a bebida ainda estiver quente ou morna, Barbara recomenda seu consumo durante as refeições. Já no caso de chás gelados, o ideal é fora delas.

Consumo

Existem chás que aceleram o metabolismo e contribuem enormemente para a queima calórica, fazendo com a pessoa perca peso. Segundo Barbara, os de gengibre e canela aquecem o organismo, sendo perfeitos para serem tomados durante o dia a antes de atividades físicas.

Outra opção são os chás verde, vermelho, branco e preto, extraídos da planta camellia sinensis. “Esta planta é rica em elementos denominados polifenóis, que contribuem para o bom funcionamento de todo o organismo, inclusive na queima calórica, auxiliando na excreção urinária e atuando como antioxidante”, explica a nutricionista.

quadro cháDe acordo com Barbara, esses chás não devem ser ingeridos antes de dormir, pois aceleram o metabolismo. “Chás calmantes são os mais indicados por tranquilizarem o organismo, fazendo-o se recuperar para um melhor funcionamento no dia seguinte. Os melhores são os de camomila, erva doce, erva cidreira, melissa e maracujá”, explica. “Há alguns chás que são vendidos para melhorar o sono contendo canela e cravo. Não os recomendo, pois a canela, apesar de saborosa, mantém o organismo inquieto”.

Para algumas pessoas, alguns chás podem não ter um efeito satisfatório. O de canela, por exemplo, não deve ser ingerido durante a gestação — principalmente nos primeiros meses — e nem por pessoas que possuem hipertensão. Quem usa medicamentos controlados deve se atentar por meio da bula. “É importante pesquisar ou consultar um especialista quando for consumir um chá novo, essencialmente os que possuem várias ervas misturadas”, aconselha.

Qual escolher?

No mercado existem muitas opções de chás: os que são vendidos em sachês e também aqueles que já vem prontos em latas, prontos para beber.

Para a nutricionista, o ideal é sempre optar pelas ervas vendidas, principalmente, nas feiras. “Se elas estiverem frescas, melhor ainda! Se não for possível, opte pelas desidratadas, mas evite o saquinho. Ele segura os nutrientes presentes na erva, mantendo-os dentro dele, só deixando passar o líquido”, destaca.
Os enlatados, de acordo com a nutricionista, não são chás. “Infelizmente são vendidas inúmeras versões de bebidas denominadas chás, porém elas não são. Dentro dessas latas há várias substâncias químicas que acabam prejudicando todos os nutrientes presentes nas ervas”, afirma Barbara.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.