Divulgação/ Márjorie Mansur

Exercício

18 DE NOVEMBRO DE 2016

Crossfit queima gordura corporal e evidencia musculatura

A aula dura cerca de uma hora e durante este tempo o aluno pratica exercícios que envolvem força e alongamento

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

crossfit santistaHá alguns anos uma nova modalidade entrou para a rotina de quem não têm medo de encarar desafios, pesos e muita adrenalina. Esta atividade chama-se crossfit e por mais que tenha caído no gosto de muitos, ainda provoca dúvidas em relação aos seus benefícios e dificuldades na execução dos exercícios.

Em resumo, o crossfit é um programa de força e condicionamento que utiliza movimentos funcionais em alta intensidade. Segundo o Head Coach da CrossFit Santista, Diego Righetto Ramirez, durante as aulas são feitos exercícios de movimentos monoestruturais, como correr, remar e saltar corda; levantamentos de pesos, do básico ao levantamento olímpico e ginástica olímpica para desenvolver as capacidades físicas treináveis do ser humano.

Diego explica que a sessão de treinamento tem duração de uma hora, distribuída entre warm-up (aquecimento); skill (aprendizado e desenvolvimentos de habilidades), sendo essa a parte técnica e fundamental do treinamento; e WOD, uma sigla para workout of day (treino do dia).
“Esta é a hora mais intensa do treino, podendo variar de cinco a 20 minutos. Como não temos rotina, é sempre uma surpresa”, comenta. Na parte final do treino, no cool down, são feitos alongamentos e recuperação.

A atividade é indicada para quem quer perder peso ou ganhar massa magra (músculos) e pode ser praticado por jovens, idosos, pessoas acima ou abaixo do peso.

Musculação x crossfit
Nos últimos tempos, muitas pessoas migraram das academias de musculação para o treinamento funcional. Diego acredita que desafio e os resultados rápidos são os principais atrativos da modalidade.

“Na musculação ficamos presos a aparelhos e rotinas de treinamento, muitas vezes as salas são cheias e com treinadores inexperientes. No crossfit, utilizamos modalidades conhecidas por ampliar diferentes domínios de capacidades. Quando uma garota iria imaginar fazer uma barra, uma parada de mão, ou flexões de braço? Aqui não há diferenças, pois todos fazem tudo”, destaca.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.