Janeiro Branco, a importância da saúde mental e emocional | Boqnews
Foto: Canva

Saúde emocional

13 DE JANEIRO DE 2023

Janeiro Branco, a importância da saúde mental e emocional

O mês de Janeiro é conhecido pela campanha do controle da saúde mental

Por: Carla Nascimento

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Dessa maneira, é mais um mês que vem conscientizar as pessoas para a possibilidade de evitar problemas com um acompanhamento de psicólogo e/ou um terapeuta. Portanto, não é necessário chegar a um pico de ansiedade, angústia, depressão e entre outras doenças emocionais para dessa forma, procurar um profissional da saúde.

Importância no cuidado psicológico

“Porque cuidar de si, exercitando autoamor e autoconhecimento são peças fundamentais para uma vida saudável. A psique necessita de fontes que direcionem seu bem estar físico, emocional, mental e espiritual. Visto que, somos seres fragmentados que fazem parte de um todo. Portanto, nem sempre nos observamos intrínseca e profundamente de forma consciente. Pelo contrário, geralmente fugimos do nosso espelho interior” conta a psicóloga Silvana Souza.

Sendo assim, a mente conduz para os acontecimentos da vida. Portanto, essa é a importância de prevenir a doença seja de ordem física ou mental.

O objetivo é trazer para as pessoas, a questão da necessidade de cuidar da saúde mental e emocional até mesmo como forma de prevenção de problemas físicos de saúde.

“Quando nosso estado emocional está afetado, ou seja, nosso psicológico descompensado, podemos produzir incontáveis tipos de doenças. Somos criadores da dor física e mental. Geralmente não acreditamos ou ignoramos nossa capacidade de procriar tal referência.

Contudo, o que acumulamos na nossa subjetividade seja de positivo ou negativo, manifesta-se no nosso exterior. Assim, não é diferente nas questões patológicas, as quais, externam-se através de sintomas físicos e/ou psicológicos, reproduzindo nosso sofrimento em forma de símbolos ou sinais” alerta.

Doenças ou sintomas

Assim também, sem pretensão de generalizar, pode-se classificar alguns exemplos de doenças ou sintomas causados por transtornos mentais: Diabetes, Alzheimer, câncer, disfunções alimentares, problemas de pele, respiratórios, cardíacos, hipertensão, enxaqueca, dentre tantos outros, explica Silvana.

É importante entender os sinais do corpo, pois vai ajudar a saber quando é a hora de ir em busca de um profissional, sinais estes que podem ser: uma insônia, medo, sudorese, tristeza entre outros. Dessa forma, é preciso aprender a cuidar das suas emoções para ter uma vida com equilíbrio  e com qualidade mental.

Cada psicopatologia tem sintomas específicos que se apresentam, porém, muitos são parecidos e confundem na precisão da doença estabelecida.

“Assim, para que haja compreensão de quais sintomas e/ou sinais são compatíveis a determinada patologia, é imprescindível procurar um profissional adequado como psiquiatra ou psicólogo para fazer o diagnóstico correto e promover as orientações adequadas para o tratamento psicoterapêutico ou medicamentoso” esclarece a psicóloga.

Viver com mais equilíbrio

 

A psicóloga Silvana deixa um alerta de como ter uma vida equilibrada em 2023.

“Aprender viver no AQUI e AGORA, o passado não é removível ou modificável. E o futuro não podemos controlar, apenas o hoje, no momento exato da vivência é o que nos torna autores e possibilitados de transformações. Libertar-se de sentimentos que aprisionam como culpa, remorso, raiva e afins, também nos alicerçam a ter uma vida satisfatória e leve para enfrentamento dos desafios.

Além do aspecto emocional, outros enfoques necessários e relevantes que incorporam a saúde integral são: Exercícios físicos, respiração diafragmática, meditação, dormir bem, sorrir, entretenimento, boas leituras, escrever, a arte de forma geral, conversar com entes queridos, desenvolver pensamentos, sentimentos, atitudes e relações saudáveis, assim como, estruturar a distribuição e organização do tempo para equilibrar as responsabilidades indispensáveis com o lazer e outras práticas que promovam bem estar ao indivíduo.

Finalmente, dar sentido de vida ao EU incorre na promoção da saúde integral do ser humano”.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.