Maio termina como o mais seco dos últimos 26 anos na Baixada Santista | Boqnews
Foto: Nando Santos

Faltou chuva

01 DE JUNHO DE 2018

Maio termina como o mais seco dos últimos 26 anos na Baixada Santista

Quem tem problemas respiratórios sofreu no mês de maio, o mais seco dos últimos 26 anos na Baixada Santista

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Quem tem rinite e outras doenças respiratórias sofreu no mês de maio.

Não é à toa.

Segundo o diretor científico da ONG Amigos da Água e especialista em climatologia e geologia ambiental, Rodolfo Bonafim, o mês encerrado na quinta (31) foi o mais seco dos últimos 26 anos na Baixada Santista.

Isso porque foram apenas 79 milímetros por metro quadrado registrados na Estação Meteorológica da ONG Amigos da Água.

Ela se localiza na Vila Belmiro, em Santos, no litoral paulista.

Assim, o índice representou 54% da média para o mês.

Maio registrou apenas 54% da média de chuvas para o mês, o menor dos últimos 26 anos. A falta de chuvas provoca transtornos para quem tem problemas respiratórios. Foto: Nando Santos

Mudanças climáticas

Dessa forma, ele destaca.”Notamos que tem havido certa irregularidade na distribuição de chuvas na Baixada Santista nos últimos cinco anos”, destaca.

E acrescenta. “Salientamos que a Baixada é uma das regiões mais chuvosas do País e mesmo assim demonstra essa variação, tipo, há mês que bate recorde de chuva em muitos anos e em outro, recorde de seca”, acrescenta.

Assim, Bonafim destaca que a transposição das águas do Rio Itapanhaú em Bertioga para a Grande SP serve de alerta para não enfrentar problemas futuros de desabastecimento.

Também: “Devemos praticar sempre o uso racional da água”.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.