Projeto Capelania Hospitalar Espírita | Boqnews

Saúde

06 DE FEVEREIRO DE 2018

Projeto Capelania Hospitalar Espírita

Com 70 voluntários divididos, a atividade consiste em atender pacientes e familiares de forma a oferecer apoio espiritual e palavras de conforto

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

O projeto

A Associação Médico-Espírita de Santos (AME-Santos) – iniciou neste mês de janeiro – o projeto fraterno e caritativo Capelania Hospitalar Espírita no Hospital Guilherme Álvaro. Com 70 voluntários  divididos em grupos, a atividade consiste em atender pacientes e familiares de forma a oferecer apoio espiritual e palavras de conforto, com a ótica espiritualista. As atividades de Capelania Hospitalar Espírita acontecem todos os dias da semana, no período da manhã e da tarde nas enfermarias e ambulatório do Hospital Guilherme Álvaro, com o intuito de levar uma mensagem de esperança e orações, caso o paciente ou se acompanhante aceitem, sempre respeitando e estimulando a crença religiosa de cada um.

De acordo com o Dr. Braun, “O médico deve cuidar do paciente por inteiro, além do físico, a equipe de saúde deve levar em consideração o indivíduo como um ser social, psicológico e, principalmente, espiritual. A crença em um ser superior, a prática religiosa e a fé são elementos que elevam o bem-estar e a esperança dos pacientes.

A oração faz o indivíduo afastar a dor da mente e focalizar o pensamento em outras coisas. Um dos casos mencionados foi o de uma senhora de 83 anos, que sofria de diabetes e artrite. Apesar de não conseguir andar e da forte dor que sentia, não era uma pessoa triste, nem deprimida.

Pesquisas mostram a diminuição de casos de depressão e suicídio em indivíduos que têm alguma prática religiosa. Ansiedade, medo e vícios também atingem menos as pessoas que acreditam em uma força superior. A recuperação dos doentes que sofrem desses males também é mais rápida. Isto porque  o corpo físico tem dentro de si o poder da cura. As crenças religiosas e as emoções influenciam em sua fisiologia. Por meio de fatores sociais, psicológicos e comportamentais, tenta-se entender a influência da religião na saúde física. O sistema imunológico de alguma forma é influenciado pela prática religiosa. Segundo pesquisa, as células das mulheres que não sofriam de stress aparentavam aspecto mais jovem.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.