Saúde

Retorno às atividades externas e chegada do inverno podem prejudicar a pele

A dermatologista Carolina Zaparoli alerta sobre o ressecamento intenso da pele, podendo gerar até dermatites ou alergias

04 de julho de 2020 - 12:00

Da Redação

Compartilhe

A retomada gradativa do comércio e de diversos setores da economia, por conta da flexibilização do isolamento social, requer sérios cuidados com a saúde da pele. A pandemia gerada pelo Covid-19 impôs importantes hábitos que, certamente, se perpetuará por anos na vida das pessoas, sendo a principal delas o uso contínuo de álcool em gel para evitar a propagação do vírus e que, somada a chegada do inverno, pode gerar o ressecamento da pele e até causar dermatites ou alergias.

Segundo a dermatologista do corpo clínico da Centermed Santos e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Carolina Zaparoli, tanto o álcool quanto sabonetes são substâncias muito abrasivas à pele e, por isso, o ressecamento é logo percebido após o uso. “O uso de hidratantes é fundamental para reverter este quadro, contribuindo, inclusive, em uma proteção para evitar o aspecto esbranquiçado e o toque áspero, prevenindo também as dermatites de contato”, explica.

Manter a saúde da pele é fundamental, pois pela derme é possível adquirir infecções ou outros problemas causados por bactérias, vírus e fungos, o que enfraquece nosso sistema imunológico. Por conta disso, a dermatologista ressalta importantes práticas para evitar maiores problemas. “Naturalmente, neste momento em que estamos vivendo, quando se está fora de casa o uso de álcool em gel é mais prático na eliminação, mas dê preferência à lavagem das mãos com água e sabonete, pois prejudicará menos a pele que o álcool e a protegerá da mesma forma contra o coronavírus”, recomenda.

Prática

Esta é uma prática que deve ser seguida, rigorosamente, àquelas pessoas com maior sensibilidade na região das mãos e com tendência a dermatites de contato (lesões que coçam intensamente, causando até vesículas ou bolinhas de água) ou processos alérgicos.

O tratamento a esses casos mais graves pode ser feito com cremes à base de corticoides e hidratantes com substâncias reparadoras da pele, porém sempre seguindo a recomendação médica. “Hidratantes e emolientes devem ser usados tanto no tratamento como na prevenção para restaurar e manter a barreira da pele íntegra. Hidratar as mãos com emolientes e produtos próprios é importante, mas não substitui a necessidade de procurar o médico dermatologista caso haja o aparecimento de alergias e ressecamentos mais intensos”, frisa Zaparoli.

Cuidados no isolamento, no inverno e sempre

Para ajudar a manter a pele sempre hidratada, independente das circunstâncias, Carolina Zaparoli recomenda beber 2 litros de água por dia, no mínimo. Outra dica é usar hidratantes específicos para cada tipo de pele, aplicando imediatamente após o banho, ainda com o vapor da água para maior absorção do produto. “Esses são cuidados que podem ajudar, não só com relação à autoestima, mas também na sensação de bem-estar”, garante a especialista.

Orientações

  1. A limpeza da pele é o primeiro passo dos cuidados faciais pela manhã, sendo a água micelar uma boa opção para peles mais secas ou sensíveis. Já em casos de pele normal ou mais oleosa, é possível lavar o rosto com um gel de limpeza;
  2. Na sequência, passe um hidratante de sua preferência para mantê-la macia e com boa aparência. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, o protetor solar não é importante apenas para exposição direta ao sol. Nossa pele precisa de proteção durante os dias chuvosos, nublados e até mesmo em ambientes fechados;
  3. Ao final do dia, faça a limpeza da pele e um tratamento noturno, que pode ser com um hidratante facial, vitamina C, sérum anti-idade, creme para espinhas, etc. O importante é nutrir bem a sua pele para que ela acorde revitalizada no dia seguinte;
  4. Além disso, você pode aproveitar esse momento para massagear suavemente o seu rosto, ajudando a fazer uma pequena drenagem facial e proporcionar relaxamento, excelente para aliviar a tensão e dormir melhor.

LEIA TAMBÉM: