voce-informa

De carona no Lava Jato

Enviado por Paulo Panossian

25 de novembro de 2014 - 09:56

Compartilhe

Paulo Panossian – São Carlos/SP

Na velocidade de um jato as investigações sobre desvios de recursos da Petrobrás, seguem! Novos nomes de supostos beneficiados aparecem e são divulgados pela imprensa! O líder do PT, no senado, o pernambucano Humberto Costa, é citado pelo delator Paulo Roberto da Costa, de ter recebido R$ 1 milhão, lógico de forma ilícita, para custear sua campanha eleitoral de 2010.

O citado parlamentar, age com a santidade de um petista neste inferno da corrupção protagonizado pelo seu partido! E em tom irado diz que abre mão de seu sigilo telefônico, bancário, e que as acusações são caluniosas, assim como afirmavam também na época do mensalão, o José Genoino, Delúbio Soares, João Paulo Cunha, e o chefe do bando, o José Dirceu0.

E deu no que deu… Humberto Costa foi mais longe afirmando que seu contato com Paulo Roberto da Costa, na época diretor da estatal era puramente institucional… Isso certamente o senador em questão vai ter de comprovar sua inocência lá no Supremo, com todo o direito constitucional de defesa que os seus camaradas condenados pela ação 470, tiveram! E o senador do PT não estará sozinho nesta suposta lista dos beneficiários do Petrolão, que inclusive comporta o nome de sua colega de partido a Gleisi Hoffmann… Já que pelos rumores dos que acompanham de perto os desdobramentos imprevisíveis da Operação Lava Jato, se fala em torno de 70 parlamentares deste relapso Congresso, como suspeitos participar desta orgia institucional.

Aliás, com o alto conhecimento de Lula e Dilma, conforme indica um e-mail enviado por Paulo Roberto da Costa, ao Planalto, encontrado pela PF, e divulgado pela revista Veja, de que eles sabiam de toda essa festa de “arromba cofres” da Petrobrás…