Saúde

De costas para a Baixada

27 de fevereiro de 2019 - 18:58

Da Redação

Compartilhe

saúde

 

 

A despeito do governo do Estado ser governado pelo PSDB (até março, governo Geraldo Alckmin) e depois PSB (governo Marcio França) no ano passado, o Governo do Estado tem literalmente virado as costas para Santos em relação ao repasse de verbas para a área da Saúde.

Em 2018, o Fundo Municipal de Saúde recebeu R$ 587,7 milhões, sendo R$ 364,7 milhões (62,07%) de recursos municipais.

Outros R$ 170,1 milhões de repasses do Governo Federal.

E apenas R$ 51,3 milhões do Governo do Estado (equivalente a meros 8,74%).

Outros R$ 1,4 milhões vieram de outras fontes.

Desta forma, os dados foram expostos durante Audiência Pública do 3º Quadrimestre 2018 na área da Saúde.

Eles foram apresentados na Câmara nesta quarta (27).

Assim, fica claro que nem o prestígio que o prefeito tem junto a Alckmin e a França foram suficientes para que a Cidade fosse melhor aquinhoada com verbas para a área da Saúde, a despeito da importância metropolitana do Município para o setor.

LEIA TAMBÉM: