Exposição gratuita em Santos é dica de passeio para feriado | Boqnews
Foto: Divulgação / Pinacoteca Benedito Calixto

Agende-se

02 DE SETEMBRO DE 2022

Exposição gratuita em Santos é dica de passeio para feriado

Exposição gratuita é prorrogada, mostra “Olha pra mim” está em cartaz na Pinacoteca Benedicto Calixto e é opção cultural para toda família

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

O feriado nacional de 7 setembro é uma ótima oportunidade para as famílias passearem juntas e aproveitarem programações culturais que envolvam todos. Se forem gratuitas, ainda melhor.

A dica para quem estiver na Baixada Santista é visitar a exposição Olha pra Mim, do fotógrafo pernambucano Thiago Santos, em cartaz na Pinacoteca Benedicto Calixto, que devido ao sucesso, foi prorrogada.

Inédita em Santos, ela traz fotos de olhares famosos e anônimos e convida à reflexão pelo olhar. Com a ajuda de canetinhas coloridas é possível interagir, soltar a imaginação e expressar o que sente em fotos impressas em folhas, estrategicamente espalhadas em bancos.

De terça a domingo, inclusive no feriado, das 9h às 18h e com entrada gratuita, pode-se apreciar as fotos em preto e branco com olhares na maioria desconhecidos. Mas, entre um olhar e outro é possível identificar os de famosos como Anitta, Caetano Veloso, Jô Soares, Criolo, Elza Soares, Ivete Sangalo, Nara Couto, Liniker, LuedjI Luna e Sabrina Sato, por exemplo.

Entre as fotos da mostra, frases que convidam o visitante à reflexão: “O que importa é que a gente reconhece e se reconhece em cada olhar. Em cada troca de olhares”, de Astrid Fontenelle ou “Olha bem no fundo dos meus olhos se tiver coragem de se despir de todo pré-conceito.

 

Olha pra mim para me enxergar como sou de verdade, pois seu olhar não me veste. Olhe bem fundo para mim e verás a força ancestral que carrego em meu olhar. Olhar que, pode te decifrar, saber se me quer mal ou bem” de Preta Ferreira.

 

“Olha bem, olha profundo, olha querendo olhar. Tira as capas que interferem no seu olhar. Limpa sua lente ocular dos preconceitos, do ódio, da misoginia, do racismo, da lgbtfobia, da xenofobia, da indiferença, do julgamento. Olhe para todos. E sorria. Use o filtro do amor. Mas olhe bem, não use filtro pro amor. Deixa o amor sem filtro. Deixa o amor livre. O olhar livre” destaca Pedro França.

A jornalista e estudante de Psicologia, Caroline Trevisan, que esteve na abertura da Exposição Olha pra Mim, destaca: “A exposição mexeu muito comigo tanto na parte de reflexões quanto emocional. O conteúdo é riquíssimo e impulsiona o olhar para dentro. Uma experiência que eu recomendo.”

O projeto tem como objetivo igualar todas as pessoas fotografadas “Eu queria criar uma conexão entre esses olhares e seus espectadores e também igualar todas as pessoas que fotografei, independente da personalidade, classe social, religião, gênero ou caráter, fazendo com que todos percebessem que, apesar de muitas diferenças, todos nós somos iguais.

Através da minha lente, passei a acreditar em algo muito mais singelo: o poder de transformar a maneira como as pessoas podem olhar uma para outra”, conta Santos, que fotografou pessoas em Recife, São Paulo, Rio de Janeiro, Belém do Pará, Santa Maria (RS), Salvador (BA), Portugal, França, Espanha, Índia e Argentina.

A mostra – ficará na Pinacoteca até dia 18 de setembro – e o livro são realizados por meio do Programa de Ação Cultural do PROAC/ICMS – (Programa de Ação Cultural) do Governo do Estado de São Paulo.

Exposição “Olha Pra Mim”

Pinacoteca Benedicto Calixto – Av. Bartolomeu de Gusmão, 15 – Santos – SP

Data: até 18 de setembro de 2022

De terça a domingo, das 9h às 18h

Entrada gratuita

Próximos eventos

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.