Na balança | Boqnews

Codesp

16 DE JUNHO DE 2016

Na balança

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

O escritório de advocacia Nelson Willians e Advogados Associados foi contratado, sem licitação, para arbitragem da dívida da empresa Libra Terminais com a Codesp. A empresa assinou no ano passado um termo de compromisso arbitral para prorrogar seus contratos para explorar a área do porto de Santos até 2035. A comissão prevista para o escritório é de ao menos R$ 23 milhões, ou 1% do valor da dívida, que já chega a R$ 2,3 bilhões. O número, porém, só será conhecido com a decisão final.
Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o dono da empresa, Nelson Willians, é próximo de dirigentes nacionais do PMDB e tem parceria, no Rio Grande do Sul, com o advogado Robinson Eliseu Padilha, filho do ministro da Casa Civil de Temer, Eliseu Padilha. O próprio Willians já teria estado pelo menos duas vezes no Palácio do Jaburu durante jantares na residência oficial do atual presidente interino Michel Temer.
A dívida da Libra é a maior no segmento portuário do País. À Folha, o presidente da Codesp, José Alex de Oliva, disse que outros quatro escritórios foram analisados e justificou. “Houve uma seleção de escritório que tenha estatura para se contrapor ao escritório que já foi contratado pela Libra”. Já o advogado Nelson Willians ressaltou que seu escritório é apolítico. O assunto repercutiu no Legislativo.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.